O World Trade Center foi um complexo de sete edifícios, mais conhecido apenas pelas torres gêmeas, construídos em Lower Manhattan, na cidade de Nova York. O complexo abriu em 4 de Abril de 1973 e foi destruído em 2001, durante os ataques de 11 de Setembro. À época, foram considerados os edifícios mais altos do mundo, superando o Empire State Building. Atualmente, no terreno, estão sendo construídos cinco novos arranha-céus além de um memorial.

O complexo original foi projetado por Minoru Yamasaki na década de 1960 usando o design estrutural de seções tubulares para as torres gêmeas de 110 andares. E para ganhar a aprovação do projeto, o Port Authority of New York and New Jersey concordou em assumir o controle da Hudson & Manhattan Railroad tornando-se a Port Authority Trans-Hudson (PATH). A pedra fundamental do edfício foi lançada no dia 5 de Agosto de 1966. A Torre Norte foi concluída em Dezembro de 1972 e a Torre Sul foi finalizada em Abril de 1973. A Construção do World Trade Center necessitou da escavação de inúmeros metros cúbicos de terra, usados posteriormente na criação do parque Battery Park City, a oeste de Lower Manhattan.

O complexo (as vezes abreviado como WTC e informalmente chamado de Trade Center ou Torres Gêmeas) ficava localizado no coração do centro financeiro de Nova Iorque e tinha 1,24 milhão de m² de espaço de escritório. Estima-se que 3% de todos os escritórios de Manhattan ficavam nas torres. O restauranteWindows on the World se encontrava nos andares 106 e 107 da Torre Norte enquanto o deck de observação Top of the World localizava-se no andar 107 da Torre Sul. Os outros edifícios do complexo eram o Marriott World Trade Center; 6 World Trade Center, edifício sede de órgãos do governo; e o 7 World Trade Center, que foi construído em 1980. O World Trade Center pegou fogo parcialmente em 13 de Fevereiro de 1975 e sofreu um ataque a bomba em 26 de Fevereiro de 1993. Em 1998, o Port of Authority decidiu privatizar o complexo, transferindo a administração de todos os edífícios para uma empresa privada, a Silverstein Properties em julho de 2001.

Planejamento e construção

Durante o período pós-Segunda Guerra Mundial, os Estados Unidos prosperaram economicamente, com o aumento docomércio internacional. Nessa altura, o crescimento econômico na de Nova Iorque foi concentrado em Midtown Manhattan, sendo que a Lower Manhattan ficou de fora. Para ajudar a estimular a renovação urbana, David Rockefeller, com o apoio do seu irmão e Governador de Nova Iorque, Nelson Rockefeller, sugeriu que o Porth Authority deveria construir um “centro comercial mundial”, em Lower Manhattan. Planos iniciais, tornados públicos em 1961, identificaram um terreno ao longo do Rio East para o World Trade Center. Objeções ao plano vieram do governador de Nova Jersey Robert B. Meyner, que ressentiu que Nova Iorque estaria recebendo US$ 335 milhões para o projeto. Entretanto, a New Jersey’s Hudson & Manhattan Railroad (H & M) estava falindo. O diretor executivo do Port Authority, Austin J. Tobin concordou em assumir o controle da H & M Railroad, em troca do apoio de Nova Jersey para o projeto do World Trade Center.

Com esta aquisição, o Port Authority obteria o Terminal Hudson, e os velhos edifícios situados acima do terminal em Lower Manhattan. O Port Authority decidiu demolir estes edifícios, e utilizar este terreno ao longo do Rio Hudson para o World Trade Center. As torres do complexo foram projetadas pelo arquiteto Minoru Yamasaki com Antonio Brittiochi eEmery Roth e Sons como arquitetos auxiliares. O World Trade Center foi uma das mais notáveis implementações arquitetônicas da ética Americana de Le Corbusier, bem como uma forma de expressão das tendências gótico/modernistas de Yamasaki.

1971 Construção

A construção do World Trade Center se inicia no seu planejamento, em 1951. O sistema de edificações de Nova Iorque exigia, na época, que os edifícios tivessem seis escadas, sendo uma destas à prova de fogo, e teria que ter um vestíbulo por onde a fumaça sairia, além de algumas placas de Betão inoxidável antifogo em volta do aço que sustentava cada edifício. Entretanto, essas atitudes tornariam o prédio muito caro e muito pesado, além de tirar parte do espaço alugável, o que tornaria a obra impossível para torres daquele tamanho. Em 1968, a Administração do Porto, formada entre a parceria dos prefeitos de Nova Iorque e de Nova Jérsei, que comandava a construção do World Trade Center, conseguiu mudar o sistema de edificações e com isso o projeto do WTC foi posto em ação. O novo sistema de edificações de 1968 exigia apenas três escadas e não era necessária escada de emergência nem as placas de betão, o que tornaria mais barata a construção desse gigantesco complexo e aumentaria o espaço alugável no interior do prédio. O projeto do complexo chegou às mãos do presidente dos Estados Unidos, Lyndon B. Johnson, que permitiu a continuidade do projeto.

O antigo sistema de edificações de 1933 exigia que a proteção contra fogo durasse pelo menos por três horas de incêndio intenso, além de ter uma proteção extra de betão para proteger o aço que sustentava o prédio. O novo sistema de edificações de 1968 exigia a proteção contra fogo durasse por pelo menos duas horas de fogo intenso e não era necessária uma proteção extra para proteger o aço estrutural.

A construção do World Trade Center terminou em 1970, mas apenas em 1972 as primeiras empresas começaram a ir para as torres. A cerimônia de inauguração aconteceu em 4 de Abril de 1973, em que se reuniram mais de 300 mil pessoas, entre trabalhadores, autoridades da cidade e o presidente dos Estados Unidos, Richard Nixon. Trabalhavam, por dia, 50 mil pessoas no WTC e recebia cerca de 200 mil visitantes por dia.

O sistema de sprinklers do prédio nunca foi testado, assim como as paredes contra fogo. Na época da sua inauguração, em 1971, os engenheiros e arquitetos afirmavam que as Torres Gêmeas aguentariam até o impacto de um Boeing 707, o maior avião da época.

Fonte: Wikipédia

About Author

Criador do Site Verdade Mundial, fotógrafo por amor e profissão. Um inquieto da sociedade! Acredito que podemos mudar o pensamento das massas com a informação. Temos as ferramentas e a vontade de ver um Mundo melhor e livre. Estamos nessa luta há dez anos e em frente!