Há milhões de anos atrás, haviam diversos seres vivos que ainda são desconhecidos pelo ser humano. Os seres vivos inteligentes datam de menos de 200 mil anos atrás. Se for por isso, o que explicaria essa pegada que você viu acima? Acredite ou não, estas pegadas foram feitas por uma espécie de sapato, sandália, ou bota, há cerca de 400 milhões de anos atrás!

A descoberta das pegadas.
No dia 3 de junho de 1968, o arqueólogo amador e colecionador de fósseis William Meister, na companhia de sua mulher e filhas, e de outro casal, foram passar uma temporada na região de Antelope Springs, no estado de Utah, nos Estados Unidos. Ao sair para procurar por fósseis com suas filhas, William encontrou o que seria os fósseis de duas pegadas, que teriam sido feitas por uma espécie de sapato. Seria normal, se não fosse encontrado outro fóssil que teria sido esmagado pela pegada: o de um trilobite, que estaria extinto a mais de 220 milhões de anos!

 

Mas por que as pegadas teriam sido feitas por um sapato?
Primeiramente, porque na pegada, não há dedos, calcanhar, ou a arcada de um pé. Além disso, as duas pegadas tinham exatamente o mesmo tamanho, e o mesmo formato. Nos calcanhares, a impressão da pegada era mais funda do que na sola do pé, o que evidência que não foi algo feito pela natureza, por mostrar o peso do ser vivo que a fez.

As teorias para as pegadas.
Desde o ano de 1968 até os dias atuais, milhares de cientistas estudaram a pegada, mas nunca chegaram a uma conclusão do que poderia ser. Porém, assim como todos os mistérios, há várias teorias do que poderia ter feito estas pegadas. Veja algumas delas a seguir:

Uma pessoa, de alguma forma, poderia ter viajado no tempo. Esta teoria é uma das mais comentadas pelos céticos. De alguma forma desconhecida por nós, um ser humano poderia ter viajado no tempo, e ido parar no período Cambriano, pisando num Trilobite. As duas pegadas poderiam estar juntas porque esta pessoa estaria parada, observando algo à sua frente.

Uma raça de seres inteligentes, desconhecido por nós, poderiam viver no planeta Terra há milhares de anos atrás. Nós desconhecemos o nosso planeta, e tudo o que sabemos sobre ele não é nem um terço do que ainda temos para descobrir. Uma raça desconhecida, poderia habitar o nosso planeta a milhares de anos atrás, e sido extinta de uma maneira que não restou sequer vestígios. E se essa raça realmente existiu, poderiam ser eles muito poucos, e por esta razão seus fósseis nunca foram encontrados, ou eles poderiam ter sido simplesmente confundidos com fósseis de outras espécies.

Um alienígena poderia ter vindo para o nosso planeta e ter feito a pegada. Muitos ufólogos consideram esta teoria válida. Não se sabe se há vida inteligente fora do planeta Terra, e caso haja, a quanto tempo esta raça existe. Neste período, seres extraterrestres poderiam ter vindo ao nosso planeta, e feito estas pegadas. Pode parecer um pouco absurda esta teoria, mas já foram datadas aparições de extraterrestres a mais de 10.000 anos atrás, que eram chamados Dropas (Leia: Povo Dropa – Extraterrestres que pousaram na terra há 12.000 anos atrás). É óbvio que o período entre 400 milhões de anos atrás e 10 mil anos atrás é muito grande, mas não conhecemos nada sobre seres extraterrestres, e eles poderiam muito bem ter vivido naquela época, e feito uma visita ao nosso planeta.

 

O que realmente formou estas pegadas?
Este está entre os maiores mistérios da humanidade, e ainda causa espanto em muitas pessoas. Nossa humanidade é cercada de mistérios sem uma explicação concreta, mas este com certeza muda o nosso ponto de vista em relação aos seres que poderiam viver naquela época. O que você acha que realmente formou estas pegadas?

 

Fonte: http://ufos-anomalias.blogspot.com

About Author

Criador do Site Verdade Mundial, fotógrafo por amor e profissão. Um inquieto da sociedade! Acredito que podemos mudar o pensamento das massas com a informação. Temos as ferramentas e a vontade de ver um Mundo melhor e livre. Estamos nessa luta há dez anos e em frente!