Imagens feitas pela Agência Espacial Americana (Nasa) mostram uma imensa erupção solar que ocorreu no dia 24 de Janeiro. O observatório dinâmico solar capturou o momento em que a tempestade produziu esta gigantesca tocha de plasma incandescente, um fenômeno conhecido como proeminência solar.

A erupção completa durou cerca de uma hora e meia e foi classificada como de intensidade média. Recentemente, o sol entrou numa fase de maior atividade, com uma série de tempestades solares que começou há cerca de uma semana – depois de anos de baixa atividade.

Esta última eruoção não aconteceu na direção da Terra e por isso não deve causar dificuldades de comunicação para satélites e outros sistemas eletrônicos. As tempestades solares costumam atingir picos a cada 11 anos.

 

Fonte: Terra

About Author

Criador do Site Verdade Mundial, fotógrafo por amor e profissão. Um inquieto da sociedade! Acredito que podemos mudar o pensamento das massas com a informação. Temos as ferramentas e a vontade de ver um Mundo melhor e livre. Estamos nessa luta há dez anos e em frente!