Uma cópia rara escrita a mão do diário de Cristovão Colombo “Colon – Diario de La primeira navegacion” disponibilizado pelos arquivistas da Universidade Fourdon foi publicado pelo History Channel, e nele continham muito mais do que apenas relatos de uma navegação, mas sim registros do que ocorria no mar e no céu. A seguir pelas próprias palavras de Cristovão Colombo e seus relatos peculiares:

10 de Setembro de 1492:

“A tripulação afirmou ter visto dois tipos de pássaros, mas estas aves nunca se afastam a mais de vinte e cinco léguas da terra”.

11 de Setembro de 1492:

“Avistei o fragmento de um grande mastro de embarcação de aproximadamente 120 toneladas, mas não consegui içá-lo”.

17 e 20 de Setembro de 1492:

“Uma estrela saiu de seu lugar, mas os outros pontos brilhantes não”.

11 de Outubro de 1492:

Às 22 horas daquela noite quente e calma Cristovão Colombo e sua tripulação navegavam vagarosamente entre as partes mais profundas do Atlântico em meio ao triângulo das bermudas. Abaixo deles, a profundidade chegava a seis quilômetros…

Em meio à escuridão eis que surge uma luz vinda das profundezas do Oceano, diretamente para o céu, assustando aos 120 tripulantes das três embarcações. Gutirerres que estava na com Cristovão Colombo no navio “Santa Maria” relatou o objeto em forma de disco (chamaram o de vela) que subia, descia ao redor do Navio, com luzes muito fortes e brilhantes. Menos de cinco horas após, eles viriam a descobrir o Novo Mundo.

“Às 22 horas daquela noite o almirante avistou uma luz enquanto estava no convés, chamou Pero Gucieles, contou-lhe o que vias e apontou para olhar na mesma direção. Pero assim o fez e viu a luz. O almirante a avistou mais duas vezes, ela parecia à chama de uma vela incandescente subindo e descendo”.

About Author

Criador do Site Verdade Mundial, fotógrafo por amor e profissão. Um inquieto da sociedade! Acredito que podemos mudar o pensamento das massas com a informação. Temos as ferramentas e a vontade de ver um Mundo melhor e livre. Estamos nessa luta há dez anos e em frente!