Uma múmia de um humanoide de 15 centímetros foi descoberta próximo à cidade de La Noria, no norte do Chile, em 2003. Não demorou para surgir diversos boatos que sugeriam que a origem do ser era alienígena.

No entanto, para a decepção dos ufólogos, um teste de DNA foi realizado no pequeno corpo e provou que o corpo é de um humano, e não de um extraterrestre.

A descoberta foi divulgada em um documentário lançado essa semana nos EUA, chamado “Sirius”. Juntamente com outras análises relacionadas com supostos seres de outros mundos, o filme levou o “humanoide do Atacama” para testes de DNA na Universidade de Stanford, EUA.

O humanoide viveu até entre 6 e 8 anos, e evidentemente respirava e comia como os demais humanos. Não se sabe, no entanto, o tamanho que ele tinha quando nasceu e por que era tão pequeno.

Os pesquisadores estão tentando entender mais coisas sobre a criança. Sabe-se, por exemplo, que o humanoide viveu no século passado junto com indígenas da região, mas o ser ainda permanece sendo um grande mistério. [Sirius]

Fonte

About Author

Criador do Site Verdade Mundial, fotógrafo por amor e profissão. Um inquieto da sociedade! Acredito que podemos mudar o pensamento das massas com a informação. Temos as ferramentas e a vontade de ver um Mundo melhor e livre. Estamos nessa luta há dez anos e em frente!