Tremor ocorreu na costa da prefeitura de Miyagi.
Mais cedo, abalo de magnitude 6,2 atingiu arquipélago a 180 km da capital.

Um forte terremoto de magnitude 5,7 atingiu o nordeste do Japão nesta quarta-feira (17), mas não houve alerta de tsunami, segundo a Agência Meteorológica do Japão e o Serviço Geológico dos EUA.

O abalo ocorreu às 21h03 locais (9h03 de Brasília).

O epicentro do terremoto foi na costa da prefeitura de Miyagi, a mais de 300 quilômetros a nordeste de Tóquio, onde prédios balançaram.

O local foi atingido dois anos atrás por um violento tremor de magnitude 9 que criou um devastador tsunami.

Mais cedo nesta quarta, um forte tremor de magnitude 6,2 atingiu um arquipélago a 180 quilômetros ao sul de Tóquio, provocando deslizamentos de terra.

Fonte: G1

Terremoto de terça-feira no Irã provocou uma morte

Foi o tremor mais intenso registrado no país desde 1957.
Terremoto provocou 40 mortes no vizinho Paquistão.

O forte terremoto de terça-feira no sudeste do Irã, que deixou dezenas de mortos no vizinho Paquistão, matou uma pessoa no território iraniano e feriu outras, informaram as autoridades locais.

‘Ontem, uma mulher morreu em consequência de uma avalanche na montanha’, declarou Alireza Shaghraki, prefeito da pequena cidade de Khash.

O tremor, que teve epicentro a 95 km de profundidade, aconteceu às 15h14 (7h44 de Brasília) em uma zona desértica e pouco habitada. O terremoto de magnitude 7,8, segundo o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS), aconteceu na província de Sistão-Baluchistão, perto da fronteira com o Paquistão, a mais de 1.300 km da capital Teerã.

Este foi o tremor mais intenso registrado no país desde 1957. Na terça-feira, as autoridades locais informaram um balanço de 27 feridos leves.

O terremoto provocou pelo menos 40 mortes no vizinho Paquistão.

No dia 9 de abril, um terremoto de magnitude 6,1 em uma zona rural do sudoeste do Irã matou 37 pessoas e deixou mais 800 feridos.

Fonte: G1

About Author

Criador do Site Verdade Mundial, fotógrafo por amor e profissão. Um inquieto da sociedade! Acredito que podemos mudar o pensamento das massas com a informação. Temos as ferramentas e a vontade de ver um Mundo melhor e livre. Estamos nessa luta há dez anos e em frente!