Uma mancha solar hiperativa na superfície do sol disparou duas das mais poderosas erupções solares do ano em apenas 24 horas, e promete desencadear mais tempestades solares ao longo dos próximos dias, segundo os cientistas.

A mancha solar ativa surgiu no final do Dia das Mães, quando desencadeou na noite de domingo (12 de maio) uma erupção solar de classe X, o tipo mais forte de tempestade possível. Essa primeira erupção registrada foi seguida por outra na segunda-feira ainda mais poderosa, sendo uma das mais fortes registradas nos últimos anos.

A explosão solar do Dia das Mães enviou uma onda superquente de plasma solar, chamada de ejeção de massa coronal, zunindo pelo espaço a cerca de 4,3 milhões de km/h. A erupção não visava a Terra, por isso não deve representar nenhuma ameaça para os satélites e astronautas em órbita, segundo os funcionários da NASA.

A tempestade solar poderia desferir um golpe fatal para o telescópio espacial infravermelho Spitzer, da NASA, e para o Observatório Stereo-B.

O aumento do número de erupções é bastante comum no momento, porque o ciclo de atividade de 11 anos está aumentando em direção à máxima solar, que é esperada no final 2013″, disseram os funcionários da NASA em um comunicado hoje.

Quando voltada diretamente para a Terra, as tempestades solares classe X podem representar um sério risco para os astronautas e satélites no espaço, e interferir nos sinais GPS e comunicações. As fortes tempestades solares podem afetar até mesmo a infraestrutura do sistema de energia terrestre, e criam espetaculares auroras boreais no Hemisfério Norte do planeta. [Space]

About Author

Criador do Site Verdade Mundial, fotógrafo por amor e profissão. Um inquieto da sociedade! Acredito que podemos mudar o pensamento das massas com a informação. Temos as ferramentas e a vontade de ver um Mundo melhor e livre. Estamos nessa luta há dez anos e em frente!