O ultrassecreto programa de espionagem dos EUA

0

Recentemente, a privacidade de milhões de usuários de gigantes da internet como Google e Facebook foi colocada em xeque. Tudo por conta da revelação de um ex-funcionário da CIA – que se encontra escondido em Hong Kong -, que denunciou o programa Prisma, em que se tem acesso direto aos servidores centrais de nove das maiores empresas de internet dos EUA.

Este projeto, até então ultrassecreto, repassa informação dos usuários para a Agência Nacional de Segurança (NAS) dos Estados Unidos e o FBI. Trata-se de serviço secreto de inteligência que monitora comunicações eletrônicas mas, de acordo com o diretor do NAS, James Clapper, o Prisma é somente “sistema governamental interno de computação” destinado a supervisionar dados.

O programa teria como alvo apenas cidadãos não americanos, que vivem fora dos Estados Unidos, já que a lei americana não autoriza que cidadãos do país ou qualquer pessoa que more nos Estados Unidos sejam vigiados. Ainda de acordo com Clapper, o uso dos dados serve para prevenir ataques terroristas e proteger a sociedade civil.

Apesar de algumas empresas alegarem que não têm conhecimento do “Prisma”, o governo dos EUA afirma que Microsoft, Yahoo, Google, Facebook, PalTalk, YouTube, Skype, AOL e Apple sabiam da existência do Prisma.

Fonte

About Author

Criador do Site Verdade Mundial, fotógrafo por amor e profissão. Um inquieto da sociedade! Acredito que podemos mudar o pensamento das massas com a informação. Temos as ferramentas e a vontade de ver um Mundo melhor e livre. Estamos nessa luta há dez anos e em frente!