Centenas de contentores com armas químicas encontram-se no leito do Mar Negro, perto da costa da Ucrânia ecologistas denunciam. Eles advertem de uma grave catástrofe ambiental iminente.

De acordo com ativistas, em 1941, durante a ofensiva nazi, as tropas soviéticas, que tinham pouco tempo, preferiram mergulhar no mar as armas químicas da época já eram proibidas. 

Mais precisamente, foi um total de 1200 contentores de produtos químicos que com eles carregaram bombas aéreas. Em 2010, expirou a vida útil estimada para esses recipientes.

Mais cedo ou mais tarde isto vai levar a uma tragédia em larga escala que vai afetar não só a Ucrânia, mas outros países costeiros.

Sofre não só o ambiente mas também as pessoas “, disse o ecologista Viktor Tarasenko ao site de notícias ucraniana segodnya.ua.

Enquanto isto, os ativistas relataram que as autoridades ucranianas não conseguiram financiar a destruição das armas químicas: o orçamento do Estado para 2010 prevê uma partida 760000 UAH (cerca de 93.000 dólares) que visa a destruição dos arsenais químicos, mas a partir de 2011 o financiamento desapareceu. 

As autoridades locais, por sua vez, não vêem  uma ameaça na situação atual. Eles insistem que não tem documentos oficiais que confirmam um alto nível de substâncias tóxicas nas águas costeiras. 

O Ministério ucraniano da Ecologia, por sua vez, se recusa a comentar o caso.

Fonte original: Rússia Today

https://osbastidoresdoplaneta.wordpress.com

About Author

Criador do Site Verdade Mundial, fotógrafo por amor e profissão. Um inquieto da sociedade! Acredito que podemos mudar o pensamento das massas com a informação. Temos as ferramentas e a vontade de ver um Mundo melhor e livre. Estamos nessa luta há dez anos e em frente!