Entre hoje e amanhã, acontece a chuva de meteoros das Orionídas, um dos espetáculos mais belos proporcionados pelo nosso Universo, que estará bem diante dos nossos olhos. Trata-se, na realidade, de uma chuva de poeira cósmica, que apresentará uma taxa de até 14 meteoros por hora.
As populares “estrelas cadentes” são resultado de quando a Terra passa por perto das partículas deixadas pelo cometa Halley, que entram na atmosfera a uma velocidade de 200 mil km/h.
Este brilhantes objetos podem ser vistos ao norte da estrela Betelgeuse, na Constelação de Órion (em que estão as Três Marias). No pico de sua atividade, que provavelmente deverá acontecer entre a noite desta segunda-feira e terça-feira, poderão aparecer em torno de 25 meteoritos por hora, de acordo com estimativas da Sociedade de Meteoros e Cometas da Espanha. A primeira observação precisa desta chuva foi em 1864 e, no ano seguinte, foi confirmado o radiante na constelação de Órion.
Para usufruir ao máximo deste espetáculo, os especialistas recomendam fazer a observação de um lugar longe das luzes da cidade, pouco antes do amanhecer, onde os traços brilhantes das Orionídas mostram toda a sua força.
Veja o video da chuva de meteoros Orionídas de 2012, gravada por Jeff Sullivan:

Fonte: History Channel

About Author

Criador do Site Verdade Mundial, fotógrafo por amor e profissão. Um inquieto da sociedade! Acredito que podemos mudar o pensamento das massas com a informação. Temos as ferramentas e a vontade de ver um Mundo melhor e livre. Estamos nessa luta há dez anos e em frente!