solar-stormsCientistas da NASA alertam que o campo magnético solar está prestes a ser revertido e os efeitos do fenômeno serão sentidos na Terra, afetando as redes de energia e sistemas de comunicação.

De acordo com os pesquisadores do Observatório Solar Wilcox na Universidade de Stanford, EUA, a mudança na polaridade do Sol, que já está em andamento, vai afetar todo o sistema solar, incluindo a heliosfera, a região do espaço onde o campo magnético do Sol exerce a sua influência, que interage com o campo magnético do nosso planeta, informa o portal Science NASA

As manifestações mais notáveis ​​dessa interação na Terra serão as falhas do sistema eletrônico terrestre, como redes de distribuição de energia e os satélites GPS, além do aparecimento de auroras nos céus das altas latitudes. 

Os astrofísicos de Stanford que monitorizam o campo magnético solar desde 1975, determinaram que agora o sol está no seu pico de atividade, algo que se manifesta por um aumento na manchas e erupções solares. A alta atividade do corpo celeste, por sua vez, é caracterizada por um processo de transição abrupta dos hemisférios solares. 

De acordo com os registos mais completos e detalhados das mudanças diárias no campo magnético do Sol, feitas no observatório Wilcox, o hemisfério Norte se transformou no final de agosto deste verão, e o hemisfério sul deve ser revertido num futuro próximo. 

Devido aos efeitos em larga escala da alteraçao da polaridade do Sol no nosso planeta e sobre outros no sistema Solar, para sua quarta observação do fenômeno, que ocorre a cada 11 anos, os cientistas continuam a acompanhar de perto e tentar controlar tudo o que acontece na heliosfera e na superfície solar.

Fonte: Rússia Today

About Author

Criador do Site Verdade Mundial, fotógrafo por amor e profissão. Um inquieto da sociedade! Acredito que podemos mudar o pensamento das massas com a informação. Temos as ferramentas e a vontade de ver um Mundo melhor e livre. Estamos nessa luta há dez anos e em frente!