Hoje, mostraremos a ideia de Steve Areen, um ex-comissário de bordo americano que, inspirado em suas viagens pelo mundo, decidiu inovar e adotar um estilo de moradia diferente do convencional.

A Dome Home é mais do que uma simples habitação, ela pode ser considerada um modelo de construção sustentável no qual é possível construir com beleza e qualidade gastando pouco e com baixo impacto ambiental. Isso por conta da escolha de materiais e da comunicação com a natureza.

Construída na Tailândia, a pequena casa levou apenas 6 semanas para ser erguida e os custos para tal ficaram em torno de 8 mil dólares (pouco mais de 18 mil reais). Com alguns tijolos de concreto e materiais reaproveitados, Steve contou com a ajuda de amigos para levantar a edificação que além do baixo custo inicial, ainda oferece uma economia a longo prazo.

Higher up, when the bricks start leaning in, rolling weights hold the bricks in place until a full circle is made.  A completed circle cannot fall in.A casa possui grandes aberturas para a passagem de luz natural e um ático na cobertura que privilegia a entrada de ventilação. O material utilizado nas paredes desempenha uma função térmica protegendo a edificação do calor e tornando o ambiente interno agradável. No lado de fora, um pequeno lago artificial ajuda a refrescar o local e proporciona uma bonita vista da sala.

O interior da casa foi pensado a cada detalhe para ser aconchegante desde a entrada até o banheiro cercado por plantas e o quarto com “poltronas” nas janelas. Contudo, é na parte mais alta da casa que Steve deu seu toque final. Uma rede fixada a uma estrutura de madeira e coberta de palha é o local na casa para se relaxar e curtir a paisagem.

O conceito da Dome Home foi inspirado no modelo de compact living, criado no Japão para mitigar os problemas de falta de espaço e superpopulação, e pode se tornar a solução para habitação de muitos lugares no mundo.


Fonte: http://arquiteturasustentavel.org/

About Author

Criador do Site Verdade Mundial, fotógrafo por amor e profissão. Um inquieto da sociedade! Acredito que podemos mudar o pensamento das massas com a informação. Temos as ferramentas e a vontade de ver um Mundo melhor e livre. Estamos nessa luta há dez anos e em frente!