Desde que Plutão foi rebaixado, nosso sistema solar passou a ter oito planetas. No entanto, isso pode mudar graças ao telescópio WISE (embora tenha deixado de funcionar, ele deixou muitos dados a serem analisados). Temos agora um novo candidato a planeta, Tyche, o possível nono planeta do sistema solar.

Tyche, retratado na parte inferior da ilustração, pode ser um gigante gasoso maior que Júpiter.

Segundo os astrônomos, Tyche pode ter quatro vezes a massa de Júpiter. Bem como os gigantes de gás conhecidos do sistema solar (Júpiter e Saturno), Tyche seria composto de gases. Teria uma temperatura média de -77ºc, e estaria localizado a aproximadamente 375 vezes a distância entre Plutão e o Sol, na famosa Nuvem de Oort. Por enquanto o planeta ainda é hipotético, mas, se existir, será o ”retorno” do sistema de nove planetas.

O ainda hipotético planeta Tyche está localizado na Nuvem de Oort, uma nuvem esférica de cometas e asteroides.

Tyche quase certamente é composto principalmente de hidrogênio e hélio e, provavelmente, tem um ambiente muito parecido com Júpiter, com manchas coloridas e nuvens gigantes. Você também poderia esperar que ele tenha luas, já que todos os planetas exteriores têm.

Os astrônomos acreditam que Tyche poderia ser um planeta nascido em outro sistema estelar e foi capturado pelo nosso, uma vez que está muito distante do Sol.

Embora alguns cientistas acreditam que vão confirma-lo nos dados em breve, há pelo menos uma falha na teoria. Teoricamente, um planeta do tamanho de Tyche deveria perturbar seriamente os cometas na Nuvem de Oort, mas esse efeito ainda não foi observado.

O fato é que a humanidade ainda tem muito o que aprender nessa área da ciência, e muitas descobertas ainda estão por vir. Será que de fato o planeta existe?

http://misteriosdomundo.com

About Author

Criador do Site Verdade Mundial, fotógrafo por amor e profissão. Um inquieto da sociedade! Acredito que podemos mudar o pensamento das massas com a informação. Temos as ferramentas e a vontade de ver um Mundo melhor e livre. Estamos nessa luta há dez anos e em frente!