A população de Veranópolis/RS acordou com um susto na manhã deste domingo. Conforme relatos de moradores, poucos depois das 8h, um estrondo forte teria feito a cidade tremer.

A assistente social Karina Weiss, 34 anos, mora no alto do município, no bairro Femaçã, e disse que apenas escutou um barulho muito forte.

— Foi bem rápido, um ou dois segundos. Não sei dizer se tremeu mesmo, parecia como o som forte de um vácuo. Até onde sei, foi sentido em vários pontos da cidade — disse.

Ela estava na sala com a família quando ouviu o barulho forte.
— Olhamos para fora e vários vizinhos também haviam saído de casa para ver o que tinha acontecido.

Nas redes sociais, muitos relataram o ocorrido. O Corpo de Bombeiros de Veranópolis atendeu cerca de cinco ligações durante a manhã informando sobre o possível tremor, mas avisa que não há nenhuma ocorrência oficial sobre o fato.

— Não há nenhuma informação concreta sobre isso, já houve casos assim outras vezes.
Pode ter sido até uma detonação de pedreiras próximo da cidade — sugeriu o Sargento Baldissera.

O geólogo Abrelino Frizzo comenta que não há motivo para pânico no município. Conforme ele, não há nenhum sismógrafo (que registra as ondas sísmicas) instalado na região, porém, pequenos tremores como o sentido em Veranópolis podem ser comuns.

— Temos cerca de 900 metros de rocha abaixo da superfície, são vários derrames vulcânicos, mas existem intervalos entre eles. Ficam vazios, onde a água se armazena. Então, sempre existe o risco de ter acomodações internas dessas camadas de rochas. Mas nada que possa representar um grande tremor — explicou o geólogo.

Segundo Frizzo, numa escala de tom de vibração da Escala Richter o terremoto estaria provavelmente próximo 2 ou 2,5.
— Para ser perigoso, um terremoto que realmente movimenta a crosta, deve ser próximo ou superior a 6.

Fonte: ZH

NOTA DO EDITOR:

Não só em Veranópolis mas também em Nova Prata e até em Bento Gonçalves, cidade que fica a 30 km’s de distância sentiu o tremor do que os “especialistas” dizem ser normal. O engraçado é que poucas vezes foi registrado estes momentos nestas cidades e a história é sempre a mesma: “A acomodação das rochas abaixo do solo”. Até que ponto isso faz sentido não sei dizer, mas que o barulho é assustador ao relato dos moradores isso sim é de se questionar se a acomodação faria tal feito estrondoso…

O Verdade Mundial iniciou as atividades em Nova Prata, cidade vizinha aqui de Veranópolis, e é a primeira vez pela qual passamos por este momento aqui na região, já moradores naturais daqui tem relatado os estrondos com frequência.

Ton Müller.

_______  EM SÃO GABRIEL/RS ______________ ATUALIZAÇÃO:

Enviado por Nédio Halembeck

About Author

Criador do Site Verdade Mundial, fotógrafo por amor e profissão. Um inquieto da sociedade! Acredito que podemos mudar o pensamento das massas com a informação. Temos as ferramentas e a vontade de ver um Mundo melhor e livre. Estamos nessa luta há dez anos e em frente!