Após dias de tremores na América do Norte, desta vez o Chile foi o epicentro de mais tremores que se alastram como o bater de um sino viajando milhares de quilômetros podendo chegar à costa dos Estados Unidos pelas falhas geológicas presentes. Como também se pode acontecer ao contrário. Como o Chile poderá levar os abalos sísmicos até a costa norte americana, os tremores dos dias 28 e 29 na Califórnia podem ter ajudado nos tremores que se sucederam hoje, 1º de Abril. Mas seriam eles naturais ou por obra do homem? Especulações do projeto HAARP começaram a surgir após algumas pesquisas. Acompanhem:

Lembrando… O projeto High Frequency Active Auroral Research Program (HAARP) (em português: Programa de Investigação de Aurora Ativa de Alta Frequência) é uma investigação financiada pela Força Aérea dos Estados Unidos, a Marinha e a Universidade do Alasca com o propósito oficial de “entender, simular e controlar os processos ionosféricos que poderiam mudar o funcionamento das comunicações e sistemas de vigilância”.

Na Califórnia

O sul da Califórnia voltou a tremer neste sábado, sacudido por um terremoto de 4,1 graus na escala Richter, a maior das mais de 100 réplicas registradas após o tremor de 5,1 graus da noite da sexta no sudeste de Los Angeles. O tremor foi registrado perto da cidade de Rowland Heights, por volta das 14h32 (11h32 em Brasília), segundo o Serviço Geológico Americano (USGS), que informou que o movimento teve uma profundidade de oito quilômetros.

No Parque de Yellowstone

O terremoto de magnitude 4,8 atingiu a região do parque por volta das 09h34 deste domingo 30, pelo horário de Brasília (12h34 UTC). O epicentro foi localizado próximo do parque, a 6 quilômetros da Bacia de Norris Geyser, ainda no Estado de Wyoming, de acordo com Peter Cervelli do Serviço Geológico dos EUA. Apesar de não haver riscos (segundo os cientistas), esse fato causa grande preocupação para todo o Mundo. Os tremores de terra em Yellowstone aconteceram no mesmo dia em que um enxame de tremores, três deles maiores do que a magnitude 4,0 atingiu o centro de Oklahoma. O abalo sísmico mais potente já registrado na região de Yellowstone ocorreu em 1959, quando o tremor atingiu a 7.5 magnitudes.

Esta foi a medição de frequência ativa no dia 30 de Março de 2014, onde vemos claramente a arma de alta frequência em uso nos Estados Unidos:

H.A.A.R.P: O Controlador do Clima

O HAARP pode simular e enviar a frequência de ressonância de um terremoto na ionosfera que reflete essa frequência de volta para superfície da Terra – penetrando vários quilômetros no solo, perturbando o fluxo de magma e crosta da terra, desencadeando terremotos. Ao irradiar essa frequência em uma trajetória específica, pode provocar terremotos em qualquer lugar do planeta.
O HAARP pode irradiar essa frequência em qualquer lugar do planeta usando retransmissores terrestres ou plataformas moveis nos oceanos espalhados ao redor do globo. Uma transmissão de curta duração não é o suficiente para perturbar a matéria sólida (magma e crosta terrestre), por isso eles transmitem a frequência na área-alvo durante vários dias – até o terremoto ser desencadeado. O HAARP pode também provocar drástica mudança climática mediante a utilização de um raio eletrônico para ionizar ou deionizar a atmosfera em determinada área.
Agora é com você, reflita sobre os acontecimentos e ligue os pontos…
 

About Author

Criador do Site Verdade Mundial, fotógrafo por amor e profissão. Um inquieto da sociedade! Acredito que podemos mudar o pensamento das massas com a informação. Temos as ferramentas e a vontade de ver um Mundo melhor e livre. Estamos nessa luta há dez anos e em frente!