A cheia dos rios no oeste do Pará deixou pelo menos seis municípios em situação de emergência (sendo três apenas, com reconhecimento oficial, até o momento), em virtude das inundações e dos prejuízos causados.
Moradores de Alenquer, Aveiro e Porto de Moz ficaram desabrigados e muitas plantações na área rural foram perdidas pela cheia dos rios.
Em Óbidos, Oriximiná, Almeirim, Terra Santa, Monte Alegre, Santarém, Curuá, Belterra, Faro, Juruti e Prainha, a Defesa Civil do Pará confirmou que construções também foram afetadas pelas cheias, principalmente dos rios Amazonas e Tucuruí.
Em Oriximiná, o nível do rio Trombetas começou a apresentar vazante neste momento, mas ainda bastante elevado e que dois metros acima da cota de alerta para enchente.
Já em Santarém, o nível do rio Tucuruí seguia muito elevado na manhã deste domingo (01) marcando 8,10 metros, acima da cota de alerta que é de 6,97 metros.

Enchente deixa municípios em situação de emergência no oeste do Pará(Crédito da imagem: Divulgação/Defesa Civil)
Fonte

Enviado pela colaboradora Manoela Z. Bruscatto

About Author

Criador do Site Verdade Mundial, fotógrafo por amor e profissão. Um inquieto da sociedade! Acredito que podemos mudar o pensamento das massas com a informação. Temos as ferramentas e a vontade de ver um Mundo melhor e livre. Estamos nessa luta há dez anos e em frente!