Com a ajuda dos amigos da página Hercólubus Nibiru Planeta X – po listamos abaixo alguns acontecimentos que ocorreram do dia primeiro de Agosto até hoje (21 de Agosto) para mostrar o quão abalado está o nosso Planeta e também citar novamente sobre a possível intervenção de um grande corpo celeste que se aproxima do nosso Planeta e a ciência ainda nega. A natureza não enlouqueceu como a mídia costuma afirmar, mas nós, seres providos de inteligência mas que pouco se usa sim, somos os loucos, sugando, acabando com recursos, migrando e novamente sugando o que se pode. Não olhamos para o futuro, muito menos pensamos nele, agimos e olhamos para o nosso próprio nariz. Digo isso como em maioria, mas não generalizando. A natureza já passou por isso milhares de vezes, só que desta vez, existe uma população gigantesca nela e temos as consequências aparecendo em massa. Confiram:

ISLÂNDIA RETIRA MORADORES DE ÁREA AO NORTE DE VULCÃO EM ATIVIDADE

Vulcão Bardarbunga pode entrar em erupção, segundo Defesa Civil local.

Companhias aéreas também foram alertadas sobre atividade sísmica.

Defesa Civil da Islândia decidiu retirar os moradores de uma área ao norte do vulcão Bardarbunga, afirmando que não pode descartar uma possível erupção.

A medida foi colocada em prática após autoridades alertarem as companhias aéreas, na segunda-feira, sobre o aumento da atividade sísmica em torno do maior sistema# vulcânico da Islândia.

Cinzas da erupção do vulcão islandês Eyjafjallajokull em 2010 fechou grande parte do espaço aéreo europeu por seis dias.

“Essa decisão é uma medida de segurança”, disse a Defesa Civil islandesa na terça-feira em sua página na Internet. “Não pode ser descartado que a atividade sísmica no Bardarbunga pode levar a uma erupção vulcânica.”

Todas as estradas que levam à região, em grande parte inabitada, foram fechadas no início desta semana. Guardas florestais que vivem na região durante o verão e turistas estão sendo agora retirados.

Autoridades dizem que a área ao norte da geleira está sob o risco de ser atingida por inundações, já que uma erupção do vulcão, que se encontra abaixo da camada de gelo da geleira Vatnajokull no sudeste da Islândia, provocaria o derretimento de grande quantidades de gelo.

O Parque Nacional de Vatnajokull fica a mais de 300 quilômetros da capital Reykjavik e engloba 14 por cento do território islandês.

A erupção do Eyjafjallajokull em 2010, a cerca de 100 quilômetros da capital, afetou mais de 10 milhões de passageiros aéreos, causando prejuízos de 1,7 bilhão de dólares.

Fonte: g1


CHUVA INTENSA PROVOCA DESLIZAMENTOS DEIXANDO MORTOS E DESAPARECIDOS EM HIROSHIMA, JAPÃO
10592648_688711644536712_2655278168735920791_nChuvas intensas castigaram a região de Hiroshima, no sudoeste do Japão, nas últimas 72 horas. De acordo com a Agência Meteorológica do Japão (JMA), em vários locais, o acumulado superou 240 milímetros em apenas 24 horas.

Autoridades locais informaram que o grande volume de chuva desencadeou em uma série de deslizamentos de terra, onde pelo menos 36 pessoas morreram e outras sete estavam desaparecidas até a manhã desta quarta-feira (20).

Fonte: de olho no tempo meteorologia


TERREMOTO DE 5 GRAUS DEIXA 19 FERIDOS NO SUDOESTE DA CHINA

Três pessoas ficaram feridas e pelos menos 40 casas foram derrubadas.
Região teve terremoto de 6,5 graus que causou 600 mortes em 3 de agosto.

Pelo menos 19 pessoas ficaram feridas e centenas de casas sofreram danos em consequência de um tremor de 5 graus que sacudiu neste domingo (17) a província chinesa de Yunnan, na mesma região onde um terremoto de 6,5 graus causou 600 mortes no dia 3 de agosto, informou a agência oficial ‘Xinhua’.

O terremoto, com um alcance de 7 quilômetros, aconteceu às 6h07 da manhã de domingo (19h07 de sábado em Brasília) com epicentro na comarca de Yongshan.

O novo tremor foi sentido em muitas localidades vizinhas, e causou três feridos e danos em mais de 1.400 casas, derrubando pelo menos 42 delas, segundo as autoridades locais.

As comunicações também foram afetadas, motivo pelo qual ainda não é possível conhecer os danos materiais em algumas das áreas, acrescentaram as fontes oficiais.

As autoridades assinalaram que o tremor de hoje não é uma réplica do terremoto do último dia 3, já que a distância entre os dois epicentros é grande, de mais de 100 quilômetros.

Fonte: G1


BRASIL REGISTRA 1.842 FOCOS DE QUEIMADAS EM APENAS 48 HORAS

Queimadas no BrasilCom o agravamento da estiagem sobre a maior parte do país e a fragilidade da legislação no combate ao desmatamento, os focos de queimada “explodiram” nas últimas 48 horas, segundo dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE).

Em todo o país foram contabilizados 1.842 focos sendo os maiores números observados entre o Pará, Mato Grosso, Tocantins, Maranhão e Rondônia.

O mosaico da imagem feita pelo satélite AQUA, através do sensor TERRA da Agência Espacial Americana (NASA), com os focos de calor (pontos em vermelho) sobrepostos mostrou a distribuição das queimadas pelo país nas últimas 24 horas.

Desde o dia 1° de agosto, em todo o Brasil, o acumulado chegou a 17.781 focos, o que corresponde a um aumento expressivo de 138% em comparação com o mesmo período de 2013.

Se levados em consideração os dados entre 1° de janeiro e 17 de agosto, ou seja, no acumulado anual, o número salta para 47.025 focos, aumento de 68% em comparação com o mesmo período do ano passado que somou 27.829 focos.

Somente em 2010 houve um número maior de queimadas no período, 73.273 no total, coincidentemente, assim como mostram os registros passados, em um ano de eleições presidenciais e estaduais, onde a política de fiscalização é muito frágil.

Fonte: de olho no tempo


CHUVAS DE MONÇÃO MATAM 54 E DEIXAM 154 DESAPARECIDAS NA ÍNDIA E NEPAL

Chuvas índia e NepalO período de chuva intensa desta época do ano conhecido como monção em parte da Ásia resultou na morte de 54 pessoas na Índia e no Nepal, nas últimas 24 horas. De acordo com autoridades locais, outras 154 permaneciam desaparecidas neste sábado (16), possivelmente vítimas de enxurradas ou de deslizamentos de terra.

Somente no estado indiano de Uttarakhand, na fronteira com o Nepal, 24 pessoas morreram após um deslizamento de terra.

A estimativa de precipitação feita pelo satélite Tropical Rainfall Measuring Mission (TRMM) da Agência Espacial Americana (NASA) mostrou que somente nas últimas 72 horas, a precipitação superou 225 milímetros, justamente na região de fronteira da Índia com o Nepal.

Fonte: De olho no tempo meteorologia


TEMPESTADE DE GRANIZO ATINGE OGGIONO, LECCO, ITÁLIA

Uma forte tempestade de granizo atingiu a cidade de Oggiono, na província de Lecco, no norte da Itália, nas últimas 24 horas.

A camada de gelo em vários trechos superou 30 centímetros, de acordo com as autoridades locais. Várias ruas, gramados e telhados ficaram cobertos por muito gelo. Algumas construções e carros ficaram danificados, segundo a imprensa local.

Fonte: De olho no tempo meteorologia


CIDADE DE QUITO DECLARA EMERGÊNCIA EM ÁREAS AFETADAS POR TERREMOTO

10349134_679427535465123_5855960123977023698_nA cidade de Quito declarou nesta terça-feira (13) situação de emergência em várias áreas rurais afetadas pelo tremor de magnitude 5,1 que atingiu a capital equatoriana à tarde e que deixou, até agora, ao menos dois mortos e outras oito pessoas feridas.

Umas das vítimas morreu em um deslizamento de terra em Catequilla, onde funcionava uma pedreira ilegal. Neste local, quatro pessoas continuam soterradas. A outra morte confirmada foi de uma criança de quatro anos no bairro San Isidro de El Inca, no norte da cidade.

As regiões de Pomasqui, Guayllabamba, Calacalí, San Antonio de Pichincha, Puéllaro e Calderón foram declaradas em emergência para agilizar a ajuda aos afetados, indicou o prefeito de Quito, Mauricio Rodas.

“Mediante a declarativa de emergência agilizamos procedimentos de ajuda e evacuação às pessoas que estão em risco em Catequilla”, onde ocorreu um deslizamento de terra depois do tremor, escreveu Rodas em sua conta no Twitter.

A declaração de emergência implica também “na retirada das pessoas que estão nos setores afetados”. “Por enquanto não é possível continuar com a operação de resgate porque a área é inacessível e o terreno está em condições de instabilidade”, acrescentou Rodas na rede social.

A prefeitura solicitou ao governo “a imediata suspensão das atividades de exploração e extração de materiais pétreos e áridos na zona de Pomasqui e San Antonio de Pichincha, para proteger a segurança dos moradores da região e suas zonas de influência”.

O prefeito acrescentou que por enquanto foram registradas 25 réplicas do sismo principal, a maior delas de 4,1 graus.

Fonte: G1


TERCEIRO SUPERTUFÃO DO ANO E CALOR DE MAIS DE 40°C CASTIGAM ÁREAS DO JAPÃO

A passagem do #supertufão Halong nas últimas 24 horas pelo litoral do Japão agravou a situação das províncias que registram estragos e mortes em decorrência de chuvas volumosas e de ventos intensos.

O Halong foi classificado pela Agência Meteorológica do Japão (JMA) como o terceiro supertufão da temporada ao atingir águas japonesas na temporada de 2014. Este é o 11° tufão do ano registrado no Pacífico Oriental.

As regiões de Kyushu e Shikoku registraram muita chuva nas últimas 24 horas, o que aumentou os danos naturais. Além disso, na região de Kanto, no nordeste do país, temperaturas que superaram #40°C também deixaram pelo menos sete mortos por hipertermia.

Fonte: de olho no tempo meteorologia


FORTE TERREMOTO DEIXA MAIS DE 100 MORTOS NA CHINA

Segundo a agência chinesa Xinhua, pelo menos 150 pessoas morreram.

Tremor foi registrado a 11 km da cidade de Wenping.
Um terremoto de magnitude de 6,1 atingiu o sudoeste da China neste domingo (3), segundo o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS). De acordo com a agência chinesa Xinhua, pelo menos 150 pessoas morreram.

O Centro de Terremotos da China registrou que o tremor teve magnitude de 6,5.
O tremor também deixou cerca de 80 feridos no distrito de Qiaojia, o mais afetado. Segundo a agência pública, pelo menos duas pessoas estão desaparecidas.

O epicentro do terremoto foi registrado a uma profundidade de 10 km e a 11 km da cidade de Wenping.

O tremor aconteceu às 16h30 no horário de Pequim (5h30, pelo horário de Brasília).

O terremoto derrubou e causou dano a muitos edifícios, em particular nas construções mais antigas e residenciais, detalhou a Xinhua.

Oficiais de polícia e paramilitares já se deslocaram para a região, e começaram a montar duas mil barracas, levando três mil camas e três mil cobertores à região.

A administração provincial de Yunnan enviou uma equipe de emergência de 30 pessoas ao epicentro do terremoto para avaliar a situação.

Segundo o jornal South China Morning Post, o tremor pôde ser sentido em cidades próximas, como a capital provincial, Kunming, além de em Chongqing, Leshan e Chengdu, na província vizinha de Sichuan.

Zhaotong fica a 300 quilômetros de Kunming, capital provincial, onde em setembro de 2012, um terremoto de 5,7 graus causou mais de 80 mortos e feriu mais de 800 pessoas.

O sudoeste da China é uma zona de frequente atividade sísmica e, nesta época do ano, também sofre com intensas chuvas, como as que mês passado causaram sérias inundações e deslizamentos de terra.

Fonte: g1

About Author

Criador do Site Verdade Mundial, fotógrafo por amor e profissão. Um inquieto da sociedade! Acredito que podemos mudar o pensamento das massas com a informação. Temos as ferramentas e a vontade de ver um Mundo melhor e livre. Estamos nessa luta há dez anos e em frente!