Haverá riscos para a saúde de fetos se uma mulher grávida usar determinados sabonetes? Um estudo que será apresentado esta semana, nos Estados Unidos, sugere que sim.

O estudo promete alguma polémica quando for apresentado esta quinta-feira numa reunião da American Chemical Society (ACS): as componentes antibacterianas que fazem parte de alguns produtos, nomeadamente sabonetes, podem colocar riscos para a saúde de fetos.

O trabalho completo ainda será apresentado mas no site da associação norte-americana já se pode ler uma introdução ao que será apresentado no 248º encontro da ACS.

“Observámos a exposição de mulheres grávidas e respetivos fetos a dois dos ‘assassinos de germes’ mais comumente usados em sabonetes e outros produtos de uso diário, o triclosano e o triclocarbono”, diz o investigador Benny Pycke no texto publicado no site da associação, e “descobrimos triclosano em todas as amostras de urina de mulheres grávidas que analisamos. E também detetamos [triclosano]em cerca de metade das amostras de sangue do cordão umbilical, o que significa que transfere para os fetos”, explica o investigador, que diz que também descobriram triclocarbono em muitas das amostras”.

O problema, explica o cientista da Universidade do Arizona, é que alguns estudos apontam para o risco de “desenvolvimento em animais e potencialmente em humanos”. O cientista realça apesar de tudo que o nosso organismo tem capacidade para ir expelindo destas componentes. O risco estará no facto de a exposição poder “potencialmente ser constante”, o que comportaria riscos.

About Author

Criador do Site Verdade Mundial, fotógrafo por amor e profissão. Um inquieto da sociedade! Acredito que podemos mudar o pensamento das massas com a informação. Temos as ferramentas e a vontade de ver um Mundo melhor e livre. Estamos nessa luta há dez anos e em frente!