Traremos o texto publicado por Bruno Moreira em seu perfil no Facebook. Nós do Verdade Mundial não temos ligação com o autor, porém ele trouxe uma visão que já está amplamente divulgada de seu perfil e que realmente chama a atenção por detalhes que fazem a diferença mas que a mídia manipula e o gado aceita… Segue na íntegra o texto: 

Para as pessoas que acreditam em tudo que TV fala sobre a morte do Eduardo Campos. Preste atenção nestes fatos que irei citar:

O acidente aconteceu perto das 10:00 da manhã, mas somente por volta das 13:00 horas a notícia da morte do candidato começou a circular. Levou-se 3 horas para se apurar que ele estava na aeronave ou foi esse o tempo necessário para que se pudesse preparar tudo para que o fato tivesse verossimilhança? Continue;

– Todas as testemunhas ouvidas nas primeiras horas do acidente falam que um helicóptero caiu;

– Todas as testemunhas que viram algo caindo dizem ter visto uma bola de fogo, ninguém diz ter visto um avião caindo;

– Marcelo Burnie no Jornal Hoje entrevista um morador do local que teria ajudado nos resgates, que se emociona por duas vezes, e chega mesmo a chorar ao mencionar que reconheceu o corpo de Eduardo Campos entre as vítimas, a quem ele chama de “meu candidato”. Entretanto, os relatos oficiais dizem que os corpos estavam despedaçados e que só com o exame de DNA seriam reconhecidos. Mentiu para se aparecer ou foi mal orientado e mentiu errado?;

Uma aeronave com o tamanho da que teria caído em Santos, 16 metros de comprimento por 5,23 de altura, com mais de 5 toneladas de peso e com a velocidade do impacto não poderia ter causado estragos tão pequenos, são só alguns pedaços de parede destruídos, um bambuzal amaçado e estragos causados pelo impacto e estilhaços da explosão. Clique sobre as fotos deste post para ampliá-las e observar esse indício;

Uma aeronave com o tamanho da que teria caído em Santos não poderia ter simplesmente desaparecido devido a explosão. Somente destroços bastante pequenos foram encontrados no local, não é possível que algum pedaço maior da fuselagem, como um pedaço da asa, por exemplo, não tenha sido encontrado. É como se tivessem se desintegrado. Em qualquer imagem do acidente isso chama a atenção;

Se a explosão foi grande o suficiente para “desintegrar” a aeronave e os seus ocupantes, como que documentos dos ocupantes foram encontrados intactos? Como que um livreto ou manual de instruções, (confira aos 8:50 do vídeo abaixo) que na capa permite uma perfeita identificação da aeronave, foi encontrado praticamente intacto? Até os tubos das lentes das câmeras do fotógrafo foram encontradas em relativo bom estado… Como que exatamente itens que permitiriam a identificação do avião e de seus ocupantes são encontrados, mas o avião e seus passageiros e tripulantes “somem”?

Uma atualização extraída do G1: O Corpo de Bombeiros concentra as atividades na tentativa de localizar a cabine da aeronave. Segundo o capitão Marcos Palumbo, o Cessna 560 XL caiu de bico e afundou três metros, ficando embaixo da laje de uma das casas atingidas no acidente. “A princípio, nós imaginávamos que outras partes do avião estivessem em edificações ao redor do local da queda, só que nós não encontramos a cabine, os bancos e os comandos da aeronave, que devem estar em algum lugar, possivelmente, enterrados. Acreditamos que, na hora que ela for removida, podemos ter surpresas em relação aos corpos das vítimas”, explicou Palumbo.

As últimas notícias falam da grande cratera escavada pelos bombeiros no local do acidente onde não foi possível encontrar sinais da cabine do avião. Contudo, puderam encontram a carteira com os documentos de Eduardo Campos.
Sigamos atentos!!

1 – A aeronave era relativamente nova, sendo fabricada em 2010;
2 – Ela tinha todas as revisões em dia, com inspeção anual válida até o ano que vem e ao contrário do que chegou a ser veiculado, não apresentou falha alguma em seu histórico de vôos;
3 – As condições de adversidades climáticas encontradas na região na data hora e no local informado, não produziriam efeitos para o que se viu com as evidências de explosões antes de tocar as moradias, não estava chovendo e não havia nenhuma tempestade, estava garoando;
4 – Não há histórico de aeronaves que tenham arremetido e em razão da manobra tenham produzido efeitos para causarem explosão repentina de modo a não sobrar pedaço algum muito maior que vinte centímetros;
5 – O piloto e a torre de controle mantiveram contato e na conversa gravada a que uma emissora de TV conseguiu ter acesso, não havia nenhuma anormalidade e houve um diálogo sob aparente normalidade, mas a mesma conversa apresentada não expõe até o final, ou seja, não apresenta até onde pode ter havido uma explosão;
6 – Mesmo em tragédias como as da Tam ou da Gol que foram as maiores já registradas no país, nunca houve um episódio em que os corpos das vítimas fossem despedaçados como foram os sete corpos dos sete ocupantes da aeronave;
7 – Eduardo Campos se apresentava como uma opção entre Dilma e Aécio Neves, onde figurava como um candidato que causava desconforto para o PT porque poderia conquistar votos importantes no Nordeste brasileiro e incomodar a candidatura petista.
8 – A aeronave sofreu duas explosões, uma que ocorreu na cabine do piloto, motivando a queda e fazendo a aeronave cair, motivo da inclinação repentina e dos relatos de que caía como uma “Bola de Fogo”, seguida de outra maior que despedaçou os corpos e toda a aeronave, as explosões aconteceram de dentro para fora, haja vista que a porta da aeronave foi lançada para longe e tanto a aeronave como seus ocupantes foram despedaçados.
9 – Acidentes acontecem, aeronaves caem, mas aeronaves como esta que é considerada segura se despedaçar a ponto de não sobrar pedaços maiores é algo muito diferente do normal, não haver uma grande parte da aeronave inteira como é convencional, isso foge e muito da normalidade. Vejam os episódios do avião da Tam, ele pegou fogo sim, mas a aeronave se dividiu em grandes partes, esse avião se despedaçou por uma grande explosão.
10 – Vítimas de acidentes aéreos morrem com seus corpos queimados, não morrem com seus corpos despedaçados como foi o caso deste suposto acidente. Os corpos foram tão despedaçados que obriga exame por DNA e arcada dentária, já que não há como definir os pedaços dos corpos de cada ocupante sem os exames.

Não foi acidente, foi um atentado.

ATUALIZAÇÃO 20/8/14

Interessante que outros acidentes que houve impacto seja no solo ou serra (Mamonas Assassinas e outros) deveu para verificar partes dos corpos quase sem auxílio de DNA. O dentista do ex-Governador não conseguiu verificar a arcada dentária dele. E o bombeiro que nem perito é descreve mesmo que o avião explodiu no ar e as emissoras de TV abafando tudo… Por que será?

Técnico de manutenção, cuja identidade foi preservada, traz relato seriíssimo sobre a real situação da falta de segurança de vôo e declarou ser mais um Revoltado ON LINE com o sistema cruel que ceifa vidas sem dó nem piedade. Exclusivo e um verdadeiro “míssil” lançado em nossas mentes para desvendar as verdadeiras causas dos acidentes aéreos da última década no Brasil. Não percam a leitura técnica sobre o acidente que matou Eduardo Campos! Enviando pela leitora Juliana Mara


NOTA DO EDITOR: Não levem tudo ao pé da letra, lembrem-se sempre que estamos na internet e todo tipo de comentário, matéria, foto, vídeo e demais posts estão indo e vindo diariamente. Apenas concentrem-se naquilo que vocês não acharam explicação e comecem o quebra-cabeça deste ponto de partida. O que precisamos analisar é o fato da estrutura deste avião simplesmente desaparecer e os corpos ficarem de modo tão irreconhecível como os noticiários da Tv divulgaram. Agora lembrem-se do avião abatido na Ucrânia em Julho. Se pesquisarem sobre aquele acidente terão acesso a fotos dos corpos e notavelmente se vê que mesmo com toda a altitude que aquele avião despencou do céu, muitos corpos estavam reconhecíveis. O Boeing 777 da Malaysia Airlines foi abatido por um suposto míssil Terra-Ar. 

About Author

Criador do Site Verdade Mundial, fotógrafo por amor e profissão. Um inquieto da sociedade! Acredito que podemos mudar o pensamento das massas com a informação. Temos as ferramentas e a vontade de ver um Mundo melhor e livre. Estamos nessa luta há dez anos e em frente!