Isso soa como algo saído de um filme de ficção científica. Uma equipe de investigação composta por membros do MIT, Microsoft e Adobe se uniu para criar uma nova maneira de escutar conversas.

Usando uma câmera de alta velocidade e um algoritmo projetado para analisar minúsculas vibrações em objetos do cotidiano (como uma planta ou um saco de batatas fritas), a equipe de pesquisadores desenvolveu um programa que pode realmente reconstruir o discurso e até mesmo músicas para um nível assustador de precisão. Esta reconstrução foi produzida com uma câmera a até 15 metros de distância e até mesmo através de um vidro à prova de som.

Então, como é que funciona?

Quando uma onda sonora atinge um objeto, ele vibra. Estas vibrações são muito pequenas para que os humanos possam ver, mesmo quando as filmagens de alta velocidade são retardadas. Estas vibrações, se lidas corretamente, contêm informações sobre todo o som batendo no objeto que está sendo filmado (isso inclui som de fundo e o som que você está realmente interessado em ouvir). Se você quer ouvir uma conversa, basta ser capaz de ler com precisão essas vibrações de uma maneira perfeita.

No experimento, a clareza do som que você é capaz de capturar depende inteiramente de quantos quadros por segundo você pode filmar (e da eficiência do programa de reconstrução do áudio). Smartphones têm uma taxa de captura de quadro de cerca de 60 quadros por segundo; isso é muito mais lento do que o necessário para ser capaz de ver essas pequenas vibrações. O experimento usou câmeras entre 2.000 e 6.000 quadros por segundo para reconstruir o áudio que você pode ouvir no vídeo. Se você estiver se perguntando, as melhores câmeras comerciais de alta velocidade podem capturar cerca de 100 mil quadros por segundo, bem acima do que o experimento exige.

Este tipo de tecnologia de escuta poderia ter benefícios judiciais e militares. [MIT]

www.ocientista.com

About Author

Criador do Site Verdade Mundial, fotógrafo por amor e profissão. Um inquieto da sociedade! Acredito que podemos mudar o pensamento das massas com a informação. Temos as ferramentas e a vontade de ver um Mundo melhor e livre. Estamos nessa luta há dez anos e em frente!