SENSACIONAL!

Logan La Plante é um menino de 13 anos que saiu da escola tradicional aos 9 anos e hoje aprende através de uma educação que ele denominou de Hackschooling.

Frequentar uma escola, ir à faculdade, ter um emprego seguro, se casar e ter filhos é o roteiro de vida que muitos pais escolhem para seus filhos, acreditando que seguindo-o serão felizes.
Segundo Sir Ken Robinson, a educação atual está mais preocupada em preparar os jovens para entrarem na faculdade e saírem bem em entrevistas de trabalho, do que realmente prepará-los para construir uma vida com realização e felicidade.
A proposta de Logan é uma nova porta que se abre como um modelo de educação, pois tem como prioridade a felicidade a saúde e a criatividade, elementos pouco priorizados na educação tradicional.
(Há algumas imprecisões nas legendas; mas toleráveis)

NOTA do AUTOR: Não estamos dizendo para largar o estudo, achar que tudo é fácil e simples assim, este post foi para mostrar um outro ângulo sobre o método de ensino, principalmente aqui no Brasil. Estudei em duas escolas, na primeira até o 1º ano do segundo grau e na segunda o restante e digo para vocês que aproveitei muito mais a segunda escola pois eles davam liberdade para a criação. Eles incentivaram a minha preocupação com o Planeta e com o conhecimento da Ufologia, cedendo espaços para palestrar, foi quando comecei a me aprofundas no tema, me incentivaram nas artes (pinturas e teatro),vivo hoje da fotografia (arte). Então por estas e outras que digo, o ensino que conhecemos precisa mudar, precisa ser dada a chance a estas mentes que estão vindo cada vez mais brilhantes a explorarem seus conhecimentos, e não reter a um regime de regras e leis antigas dos livros. A história é nós que fazemos, todos os dias. E se não derem a oportunidade como será?

About Author

Criador do Site Verdade Mundial, fotógrafo por amor e profissão. Um inquieto da sociedade! Acredito que podemos mudar o pensamento das massas com a informação. Temos as ferramentas e a vontade de ver um Mundo melhor e livre. Estamos nessa luta há dez anos e em frente!