Visão Remota: O controle remoto da mente!

0

“Visão remota é quando uma pessoa vê algo sem estar no local, mesmo a grandes distâncias”.

“As aplicações da Visão Remota na guerra são infinitas”.

DESENVOLVIMENTO MILITAR DA TECNOLOGIA DE CONTROLE-REMOTO DA MENTE

O interesse dos militares e da inteligência em Visão Remota (RV – Remote Viewing) vem desde os anos 50, pelos menos. Visão Remota – a habilidade de ver coisas longe do corpo físico de alguém – foi desenvolvida durante a Guerra Fria para permitir aos órgãos de segurança obter informação acerca de locais secretos do inimigo nos quais eles não possuíam espiões.

Os russos tem estado sempre à frente de seus equivalentes americanos no estudo e desenvolvimento da RV e na tecnologia biofísica de controle remoto da mente (RMCT – remote mind-control technology). Isto não passou despercebido à CIA e aos militares dos EUA, que começaram a fazer experiências com RMCT biofísica nos anos 60. Contudo, devido à dificuldade de controle, os americanos concentraram-se, ao invés, em técnicas eletrônicas – até bem recentemente. A pesquisa militar dos EUA em RV foi implementada com o Projeto Scangate, e continuou através de diferentes projetos, incluindo Grill Flame, Center Lane, Sunstreak e Stargate.1

Como cientista, fiquei fascinado pelas implicações da RV, porque, se realmente isto funcionasse, iria derrubar o paradigma sobre o qual nosso modelo científico de realidade é baseado. O trabalho da dra. Jessica Utts – uma professora de Estatística em Stanford, que tinha provado cientificamente que o fenômeno RV existia – era significativo a este respeito, porque mostrava que a ciência, tal como a conhecemos era crucialmente falha.3 Nós tínhamos desenvolvido a energia atômica, mas era como se tivéssemos menos conhecimento acerca da natureza essencial da realidade do que nossos ancestrais das cavernas. Os cépticos refutam os escritos de Utts e negam que os fenômenos paranormais possam existir.4 Isto pode ser mais confortável para a comunidade científica, mas o RMCT está sendo usado cada vez mais pela comunidade militar e de inteligência.

Para dissimular isto, a posição da CIA no que se refere à RV foi emitida pelo porta-voz David Christian, que admitiu que nenhuma pesquisa oficial a mais sobre RV foi autorizada: “Nós pensamos que a comunidade de inteligência não deve pesquisar sobre isto, pois é melhor que seja feito pela iniciativa privada…”5

Há uma campanha de desinformação para ocultar que eles continuam e até aceleraram o estudo deste assunto? Podem programas tais como Os Verdadeiros Arquivos-X (The Real X-Files – mostrado no canal 4, no Reino Unido) – criado por Jim Schnabel, um suposto agente da CIA – serem projetados para agirem como chamariz, para dissimularem a verdadeira intenção dos órgãos de segurança dos EUA? Se é assim, não poderia o interesse do público nesta área significar que as organizações americanas privadas que investigam RV (todas elas lideradas por oficiais de segurança ‘aposentados’), para as quais o público se volta em busca de treinamento, terem um largo número de candidatos? Isto poderia ser útil se a comunidade americana de inteligência estivesse caçando por pessoas com habilidades psi desconhecidas para recrutá-las para um nascente programa militar em RMCT.6

A BASE CIENTÍFICA DA VISÃO REMOTA

Isto levou a questionar se haveria uma base científica para a RV e o RMCT. Como proponente da RV, eu sabia que ela funcionava.

Joe McMoneagle, um oficial aposentado do Exército dos EUA – que afirma ter deixado o Stargate em 1984 com uma medalha da Legião do Mérito por obter informação sobre 150 alvos que não estavam acessíveis por outros meios – usou a RV para entrar na mente de Shaw Taylor, para ver através de seus olhos, em um experimento efetuado no O Mundo Paranormal de Paul McKenna (The Paranormal World of Paul McKenna – ITV, UK). Este método de usar a RV para entrar no cérebro de outra pessoa é chamado sensor remoto (remote sensing – RS). A RMCT biofísica pode ser considerada a forma como a ESP (percepção extrasensorial – PES) e a telepatia trabalham.

Há muitas pessoas que me perguntam se existe informação disponível sobre a base científica da RV. Tendo procurado através da Internet pelos web sites que pretendem ser os líderes na tecnologia de RV, cheguei à conclusão que, ou a base de conhecimento dos especialistas ocidentais era fraca, ou então muito desta informação era secreta. A maior parte das pesquisas conduzidas nos EUA sobre as funções cerebrais com respeito à RMCT eletrônica é secreta. Os excelentes artigos em NEXUS (p. ex., vol. 3, no. 3) tem abordado a RMCT eletrônica em mais profundidade do que do que em qualquer outro lugar, mas, pelo que sei, há muito pouca discussão científica RMCT biofísica; então, o que se segue é uma breve introdução.

Os russos tem sido os especialistas mundiais em biofísica desde os anos 50. Sua pesquisa nesta área tem-se concentrado tanto nos usos militares dos efeitos do campo biofísico e na telecinese (a habilidade de mover objetos à distância), como na pesquisa de ‘genes psi’ que promovam e mediem a RV e os campos biofísicos envolvidos na telecinese. Isto levou-os a estudarem a base biológica da RV.

Para que a RV funcione, ‘algo’ deve deixar o corpo para ver lugares remotos. A pesquisa parece indicar que a RV usa os efeitos de campos biofísicos para manifestar a percepção fora do corpo.

Os russos tem usado todos os meios ao seu dispor para desenvolverem a RMCT biofísica – drogas, hipnose, cirurgia cerebral, tecnologia de implantes eletrônicos e um número de meios eletromagnéticos, eletrostáticos, magnéticos e psicotrônicos para aumentar as habilidades psi de russos cuidadosamente selecionados.

Há razão para acreditar que sua pesquisa no domínio biofísico tornou-se tão avançada que eles abriram portas para outras dimensões e caíram vítimas de forças malignas. A pesquisa americana nesta área eventualmente os levará à mesma encruzilhada. De fato, em uma base secreta subterrânea eles já estão fazendo experiências com portas eletrônicas extradimensionais, expondo conscientemente os EUA aos incríveis níveis de influência destas dimensões.

É bem sabido que o corpo físico é rodeado por manto de energia eletromagnética (EM). Os olhos captam a emissão fotônica, embora 90 por cento desta informação seja filtrada no tálamo, o que resta é ajustado a um modelo visual-mental; é isto que vemos como realidade. Uma vez que a percepção visual não seja filtrada, auras podem ser vistas em torno das pessoas. [Fonte]

Pra quem quiser curtir no cinema uma produção muito legal sobre o tema é o filme “Os Homens que encaravam cabras” (The Men Who Stare at Goats) é um filme decomédia americano-britânico lançado em 2009. O filme foi dirigido por Grant Heslov e escrito por Peter Straughan, baseado em romance homônimo de Jon Ronson, sobre um relato da investigação de Ronson e John Sergeant em tentativas por parte das forças militares dos EUA de usar poderes psíquicos:

About Author

Criador do Site Verdade Mundial, fotógrafo por amor e profissão. Um inquieto da sociedade! Acredito que podemos mudar o pensamento das massas com a informação. Temos as ferramentas e a vontade de ver um Mundo melhor e livre. Estamos nessa luta há dez anos e em frente!