A maior parte das pessoas têm dificuldade em lidar com esta situação, não raro o envolvimento é tamanho que chegam a usar a expressão “aquele amor de faltar o ar” como se não conseguissem respirar na ausência do outro.

Independente de ser uma união hétero ou homoafetiva, o fato é que se o casal está se relacionando há algum tempo e um deles deixa de amar enquanto o outro continua com o mesmo sentimento, tornou-se amor não correspondido, sendo assim necessário se libertar.

E mesmo existindo reciprocidade, havendo um grande amor de ambas as partes, o fato de existir amor não significa que as duas pessoas possam ficar juntas, por questões geográficas, por exemplo, ou culturais e todos aqueles motivos que aparecem nas novelas de amores impossíveis.

Não encontramos as pessoas por acaso
A paixão é um mecanismo utilizado pelo sistema inteligente da energia universal para que duas pessoas se atraiam e cheguem perto uma da outra.

Então, vamos supor que você e outra pessoa tenham algo bem sério de vidas passadas para ser resolvido, o mecanismo da paixão fará com que as duas almas se atraiam e resgatem um karma.

É assim no caso da paixão bem como no de qualquer relacionamento, incluindo a professora da 1º Série, os dentistas que você já teve, a pessoa que servia a merenda na lá escola, todos que passam pela nossa vida é por uma questão kármica fundamental para o nosso desenvolvimento.

Compreendendo os sentimentos

Há diferenças substanciais entre o amor e a paixão.
A paixão vibra no 3º chakra e é vinculada a sentimentos de medo (de perder o outro) e de raiva (quando o outro não cumpre a expectativa).

A paixão envolve sentimentos densos e viscerais que aceleram os batimentos cardíacos alterando todo o metabolismo. Por isso, segundo pesquisas da Neurociência, uma pessoa consegue ficar apaixonada por no máximo dois anos, porque se permanecer assim além deste período pode vir a adoecer.

É muito frequente em regressões terapêuticas constatarmos essas emoções fortes e intensas da paixão se repetindo vida após vida, de pessoas que não conseguem ficar juntas. Porém, muitas vezes na vida atual não é para ficar junto de novo, só que o sentimento ainda existe e aparece para ser resolvido.

Já o amor é sublime e vibra no 4º chakra, na região do coração, é um sentimento que transcende o ego e as emoções desenfreadas. É mais imbuído de compaixão, onde compreendemos que a pessoa não pode ficar o dia inteiro sorrindo e fazendo as nossas vontades, porque daí ela não tem as vontades dela e isso não seria amor, mas sim escravidão.

A paixão com o tempo tende a ir se acalmando e a evoluir para um estado de amor. Isso acontece quando começamos a conhecer profundamente o outro e a respeitar as diferenças, entendendo que as pessoas têm defeitos e que a gente não pode achar que o outro é perfeito.

Quem disse que um grande amor só acontece uma vez na vida?

Quem disse que você não pode encontrar e viver outro amor ainda melhor do que aquele do passado?

O passado existe justamente para que se tenha aprendizado para que a gente evolua e cresça.

Se vocês fizeram de tudo para ficar juntos e não deu certo, se você se deu conta que o relacionamento não é possível, entenda que tudo nesta vida não é permanente e procure se desapegar deste amor antigo, para viver um novo amor.

É preciso se libertar do passado e querer seguir em frente, querer viver novas experiências.

Você pode guardar esse grande amor em sua memória, mas sem sofrimento. Se ficar em casa chorando, bebendo e escutando música ruim, realmente, você não vai encontrar outra pessoa, porque você não está abrindo espaço na sua alma e no seu coração para que outra pessoa se aproxime.

Dica
Mantenha a mente aberta às novidades e aceite convites.

Mesmo que você esteja sem ânimo, se uma amiga lhe convidar para sair, se esforce e vá, é um primeiro passo para conhecer pessoas novas e, de repente, encontrar um amor maior ainda.

Procure não se prender a este sentimento de falta de autoestima, achando que você não vai encontrar outra pessoa ou que não existe outro grande amor.

Costumo dizer que “Tudo que a vida lhe tira, ela lhe devolve com outra forma”. Assim, se não lhe foi concedido especificamente este amor, pode ter certeza de que a vida está preparando uma surpresa melhor para você!

http://bit.ly/1t2HPJJ ← Conheça os nossos livros!

About Author

Trabalha na área de Controle de Qualidade em uma empresa Suíça. A espiritualidade fez com que Marluce despertasse espiritualmente. Sem um certo nível de consciência espiritual é impossível perceber a magia da vida.