Após mais de 10 anos no espaço, a missão Rosetta chegou ao seu destino. Exatamente as 13h30 pelo horário de Brasília.

A nave-mãe Rosetta liberou o pequeno explorador Philae às 06h35 BRST (Horário de Verão), quando orbitando a apenas 22.5 km acima do cometa 67P/Churyumov–Gerasimenko, situado a 508 milhões de km da Terra.

Sete horas após ser liberada, às 13h30 BRST, Philae pousou sobre o cometa, em uma localidade batizada de Agilkia.

Tudo transmitido ao vivo pela Agência Espacial Europeia.

Devido à distância até a Terra, os sinais enviados por Rosetta e Philae só chegaram a Terra 28 minutos depois de emitidos.

Confiram a primeira imagem do Cometa:

O cometa
O cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko foi descoberto em 1969 por Konstantin Churyumov, da Universidade de Kiev, na Ucrânia e seu colega S. Gerasimenko, do Instituto de Astrofísica do Tajiquistão.

A rocha tem um núcleo de cerca de 5 quilômetros de largura e orbita o Sol a cada 6.6 anos. Em seu afélio, ponto de maior afastamento do Sol, sua distância chega a atingir 857 milhões de quilômetros, enquanto seu periélio, menor distância da estrela, é de 186 milhões de quilômetros, um pouco maior que a distância da Terra ao Sol.

Agora
Neste momento, Rosetta se encontra a 449 milhões de km do Sol e 508 milhões de km da Terra. A distância acumulada de sua viagem já ultrapassa 6.54 bilhões de km.

Fonte: Apollo 11

About Author

Reikiana, praticante e apaixonada por Yoga, a estudante de Design de Moda pela UCS, Manoela desenvolveu um grande interesse na conexão espiritual entre o passado, presente e o futuro da humanidade, seus caminhos e mudanças ao longo dos séculos. Suas pesquisas para o Verdade Mundial vem sendo amplamente visualizadas nas áreas da sociedade, história e religião.