Há uma aceleração agora na ascensão deste Universo e especialmente na Via Láctea a que pertencemos, para um estado evolutivo superior. Como a vida dentro de tal galáxia e até mesmo do todo maior cósmico está intrinsecamente envolvida e ligada uma a outra, uma parte da galáxia ou sistema solar não pode ascender e evoluir, sem o resto do seu corpo ou forma.

Como o planeta Terra está sendo reinventado, assim estamos nós com os nossos corpos físicos muito ligados à Mãe Terra e na medida em que vivemos e respiramos sobre ela, nós somos parte e partícula de todas as formas de vida e de organismos vivendo sobre ela. Como ela é uma célula viva respirando com bilhões de outras células todas se comunicando umas com as outras, nós também estamos interligados.

Em tempos antigos, quando o planeta exterior foi criado inicialmente, foi então decidido que este planeta teria que ser não só ligado à Via Láctea, mas com todos os outros planetas e sistemas solares dentro do seu núcleo, ligado ao 7º Sol Central e ao 12º Sol central também.

Havia uma razão muito maior para isso, pois naqueles tempos esta galáxia estava muito perto destes dois Sóis e uma grande quantidade de luz ou criação veio a partir destes dois Sóis centrais e do 9º Sol central.

Nós temos então três Sóis, formando uma tríade, o 7º, o 9º e o 12º, isto é considerado uma tríade sagrada e você vai descobrir que o número 3 se repetirá na arquitetura antiga, bem como nos símbolos e é amplificado pela energia ou o símbolo do Sol, mesmo de maneira oculta que possa ter sido gravado.

Quando a primeira estruturação de determinados sistemas de energia foi posta em prática, como nas Pirâmides de cristal, a primeira das 12 Pirâmides mestres de todo o sistema de energia, por isso elas foram programadas para se coordenar com a tríade sagrada formada por estes Sóis centrais.

A humanidade de alguma forma se lembrou disso, mas se esqueceu de tudo sobre esses Sóis centrais. Então, quais são eles ?

Quando as primeiras 12 Galáxias mestres foram criadas a partir das quais toda a vida neste planeta se originou, estas foram as primeiras a serem criadas. Infelizmente, durante as guerras galácticas três delas foram destruídas, o que costumava ser Lyra de Andrômeda (em sua criação original e Cygnus Maior (esquecido nas brumas do tempo)), teve de ser desocupado. Mas os 12 Sóis centrais formaram o núcleo de todo este sistema e todos os outros Sóis, os menores e os maiores foram criados à sua imagem.

O que faz com que os 12 Sóis centrais sejam tão interessantes é que eles têm o poder da pirâmide dentro de si em seu núcleo. Eles agem como transmissores imensos pulsando com a frequência da luz codificada de raios pulsantes que se comunicam com o nosso próprio Sol. No entanto, dentro do planeta Terra certos mecanismos ocultos foram postos em prática, de modo que não importa se catástrofes atingirem a Terra e ela for jogada fora de órbita, mesmo assim ela seguirá ligada centralmente a estes três Sóis mestres.

No início, então todos esses imensos geradores de energia foram todos alimentados por estes mecanismos do Sol Central, a energia gerada era considerada sagrada e um dom imenso das 12 galáxias mestres no momento. Considerava-se também que a força criativa necessária para expandir esta energia e usá-la em formas de energia criativa viriam através do aspecto feminino da energia da Lua, expressa através da própria Deusa, mas ela segurou em seu interior as codificações do 9º Sol Central, dentro desta tríade sagrada.

Assim, a energia da Lua não era relacionada à energia da Lua como a conhecemos (pois na verdade a Lua foi criada como uma estação de satélite da frota Intergaláctica), mas sim o que foi implantado na própria Terra, portanto, a energia do 9º Central Sol que em seguida deveria mesclar esta energia com a do 7º e do 12º Sol central cósmico.

Esta energia da Lua foi assim incorporada em um grande centro no planeta Terra e totalmente esquecida.x 11

As tendências autodestrutivas da humanidade fizeram com que muitos dos sistemas de energia originais fossem fechados em algum momento, principalmente por causa da Terra que estava sendo jogada para fora da órbita como também toda a parte inferior deste sistema solar, quando o planeta (Maldek) explodiu acima, criando gigantescos asteroides (pedaços do planeta) e cometas batendo na Terra. A Frota Intergaláctica depois irá restaura-lo em órbita, mas neste processo alguns dos planetas também mudaram de lugar ao redor do Sol em nosso sistema solar.

Estas repercussões foram sentidas em toda a primeira criação da Terra com sua criação original sendo reformulada, algumas massas de terra agora enterradas sob enormes detritos do espaço, massa de convulsões causadas por cometas e asteroides batendo nela, também por massas de terra afundando sob o mar e algumas se levantando. O mais importante durante este tempo foi que ela mudou em seu eixo três vezes.

No processo a humanidade se lembrava sobre o Sol, as energias da Lua, mas por ter perdido completamente o entendimento original disto, assumiu que a lua significava a Lua satélite e não o entendimento original disto.

Neste momento um funil se abriu dentro da Via Láctea, conforme ela está agora se movendo mais para perto da galáxia de Andrômeda e está novamente se ligando a estes 12 Sóis centrais onde está agora há algum tempo. Isto significa que os centros de energia do interior da Terra que trabalham com as energias desta tríade, estão agora começando a ficar reativados novamente.

Isto já levantou o planeta para a 5ª dimensão e vai acelerar todo este processo de mudança evolutiva no planeta 777 mil vezes, depois sobe para 999 mil e em última análise para 12-12-12. Esta é uma recarga em massa que está ocorrendo, com as energias das pirâmides adormecidas sendo reativadas.

As pirâmides de Gizé e as conhecidas pelo homem são réplicas primitivas das primeiras pirâmides, agora subindo. Gizé nunca foi o centro principal, era apenas um tipo de lembrete para a humanidade do que tinha existido antes. Apesar de servir como um gerador de energia enorme da segunda civilização na Terra que se destruiu, depois como Atlântida estava caindo seus cientistas a partir da nova colônia no Egito sobre as ruínas do que restou da segunda civilização renovaram, mas nunca poderiam ter sucesso em restaurá-la à sua glória anterior e ativação completa.

Então, estamos agora sendo catapultados para a 5ª dimensão e para mudanças imensas em todas as frentes. Isso não é brincadeira de criança, isto é sério. Na verdade, a importância disto só será sentida daqui a dez anos, quando este planeta terá mudado além do que conhecemos atualmente.

About Author

Reikiana, praticante e apaixonada por Yoga, a estudante de Design de Moda pela UCS, Manoela desenvolveu um grande interesse na conexão espiritual entre o passado, presente e o futuro da humanidade, seus caminhos e mudanças ao longo dos séculos. Suas pesquisas para o Verdade Mundial vem sendo amplamente visualizadas nas áreas da sociedade, história e religião.