1995, Courtney Brown começou o Instituto Farsight para ensinar técnicas de visualização remota. Nos primeiros dias de seus esforços, ele foi muito aberto sobre o que ele estava fazendo e o que estava “vendo”. Por um tempo ele postou os relatórios mais incríveis em seu site que foram surgindo a partir dele e de outros eventos de visualização remota. Estes relatórios frequentemente interessavam os governos, os ETs e as ocorrências catastróficas que naqueles dias eram colocadas para fora para a maioria de nós leitores. Um dia, tais sopros de relatos da mente pararam, congelaram e mesmo que não podíamos saber, muitos imaginaram que Courtney tinha sido abordado e depois de alguma “discussão” foi convencido, como tantos outros, que era no “melhor interesse” de todos os envolvidos, reduzir a divulgação de tal material sensível.
Em 1999, Courtney Brown publicou um livro intitulado, “Exploradores Cósmicos: Visualização Remota Científica, extraterrestres, e uma mensagem para a Humanidade“, agora fora de catálogo, em que ele apresentava a realidade de uma guerra no espaço.

“Há uma guerra no espaço e no além. Esta guerra só agora chegou a nossas fronteiras. O que está em jogo não é o despertar de uma humanidade tola que quer manter sua cabeça enterrada na areia, mas um futuro em que os nossos filhos ficarão livres do medo, prisão e escravidão possivelmente genética ou mesmo genocídio. Estamos entrando em uma nova etapa de uma longa batalha em que devemos lutar para a sobrevivência de nossa espécie. Agora estamos vivendo em uma época que exige coragem acima de todas as coisas. Se a sorte favorece os audazes, assim deve ser o nosso destino”. ~Exploradores Cósmicos: Visualização Remota Científica, extraterrestres, e uma mensagem para a Humanidade

Isto, naturalmente, traz à tona a questão de por que os extraterrestres ainda estariam envolvidos na guerra quando estão aparentemente com tanta vantagem, pelo menos tecnologicamente, de nós terráqueos? A implicação aqui é que os ETs estão em diferentes níveis de evolução. Alguns são realmente muito avançados espiritualmente, enquanto outros são talvez mais semelhante a ciborgues ou operando principalmente no cérebro reptiliano clássico. Os chamados informantes internos frequentemente relatam que os nossos governos estão lidando com mais de 80 diferentes raças de ETs.

Uma Miríade de Reinos

O antigo texto épico sânscrito, o Mahabharata, descreve muitas raças estranhas de seres e suas linhagens. Há anti-deuses, Asuras e dentro dos Asuras estão os daityas (gênios), danavas (gigantes), Dasyus (bárbaros), kalakanjas (espíritos estelares), kalejas (demônios do tempo), khalins (debulhadoras), nagas (serpentes), nivata-kavacas (portadores de uma armadura impenetrável), Paulomas (filhos do Sábio Pulastya), pisacas (comedores de carne crua) e os Raksasas (andarilhos da noite). As extensas linhagens destes seres estão frequentemente listadas em “Os deuses da India ~Alain Daniélou”.
O conceito de outros mundos é uma parte aceita da metafísica hindu. Os Puranas dão descrições ricas destes mundos conhecidos como Lokas. Os sete Lokas mais altos são Bhur Loka, Bhuvar Loka, Svar Loka, Mahar Loka, Jana Loka, Tapo Loka e Satya Loka. Os sete Lokas mais baixos são Atalam, Vitalam, Sutalam, Tala-Talam, Rasa-Talam, Maha-Talam e Patalam. Todos esses mundos Loka são frequentemente descritos claramente e este último, o Patalam Loka é um pesadelo macabro reptiliano bebendo sangue em tempo real.
São estes mundos Loka meramente reinos astrais, ou são civilizações planetárias reais ?
A melhor pergunta é. Existe uma diferença ?
Se o Universo é um holograma, todos os mundos contidos dentro deste Universo particular expressam taxas que variam de frequências vibratórias e localidades dimensionais.
Assim como a duração do tempo, ou seja, a maneira pela qual você experimenta o tempo é uma consequência de sua consciência, a sua localização também é uma função de sua consciência. Você está onde você está, com base no que você pensa porque seus pensamentos emitem frequências específicas.

A vida em Todos os Lugares Está em Constante Mutação !

Por volta do ano de 1995, Courtney Brown deu uma palestra, na qual eu participei pessoalmente. Um dos temas discutidos foi sobre os pequenos aliens cinzas eles intencionalmente mutaram o seu próprio genoma e sofreram terríveis consequências não intencionais. Segundo o Sr. Brown, os cinzas tinham passado por um período de extrema violência, ganância e excessos onde haviam causado uma terrível destruição em seu mundo. Assim, eles tinham tomado uma decisão coletiva de desligar parte do seu DNA que poderia produzir muito “mal” na sua matrix holográfica. Infelizmente eles cortaram a partir de experiências espirituais exaltadas também. Parte do seu programa de hibridização com o nosso genoma humano é para ressuscitar a capacidade de suas formas corporais emocionais poderem experimentar uma grande variedade de estados de consciência espiritual.
Eu naturalmente, achei isso muito interessante porque era uma prova de que as outras raças de seres neste Universo também estão evoluindo, se devolvendo, mudando, movendo-se através dos ciclos de tempo, assim como nós estamos aqui na 3ª dimensão do planeta Terra.

wanderers-2

Nem Todos os ETs São Iguais !

Eu sinto que agora neste momento é fundamental para nós percebermos que nem todos os ETs são iguais, assim como há um amplo espectro de comportamento humano, do mesmo modo os ETs estão vivendo em sua própria frequência única de consciência e cada uma delas tem o seu próprio ponto de vista com base na sua própria agenda. Assim, o que é bom para eles pode não ser necessariamente bom para nós, como seres humanos.
Quando os ETs se revelarem, vai ser muito tentador para muitos de nós endeusar, idealizar e segui-los. Alguns deles podem estar oferecendo tudo de tecnologias milagrosas para viagens espaciais, para a salvação espiritual. Temos de aprender a sentir as suas reais intenções e aprimorar os nossos próprios poderes de discernimento.
A espécie humana foi arrastada por séculos para adorar uma divindade externa e passivamente esperar a salvação. Esta corrente de arrastamento do Kali Yuga nos deixou muito vulneráveis aos ETs do lado escuro. Nos curvamos e adoramos qualquer coisa, de estrelas de cinema a ídolos para consumo.

“Eu habito no coração de todos.” ~Bhagavad Gita [37.15.15]

“… Eu, o EU, habito no coração.” ~Uddhava Gita o Diálogo 15.29

Deus está dentro do coração de cada um, em cada homem, mulher e criança. Uma conexão de diamante com o Deus interior de todos nós vai proteger a humanidade de qualquer manipulação possível e decepção com qualquer um dos ETs tirânicos perniciosos.

Cuidado Comprador !

Confie apenas no Deus dentro de você. É por isso que eu coloquei os versos em sânscrito do texto Brihadaranyaka Upanishad no topo do meu site,meditando metafísica. Lembro-me dos primeiros anos de tempo atrás quando eu li esta passagem eu estava completamente perplexa com isto. Eu não podia imaginar o que isso poderia significar e somente depois de anos de estudo e pesquisa é que ele me bateu como um trem-bala proverbial.
E até hoje, [aqueles]que … sabem como eu sou Brahman [UNI-DADE], tornando todo este Universo.
Até os deuses [quaisquer outros seres dimensionais]não podem impedi-lo de se tornar isto, pois ele se tornou o seu EU. Se um homem adora outro divindade no pensamento: Ele é um e eu sou outro, ele não sabe.
Ele [o que não sabe]é como um animal de sacrifício para os deuses. Como muitos animais servem a um homem, de modo que cada homem pode servir aos deuses. Mesmo quando um animal é levado embora, causa angústia ao proprário, mais ainda quando muitos são levados !

Portanto, não é agradável aos deuses que os homens saibam disto [que todos são UNI-DADE]. ~Brihadaranyaka Upanishad I.iv.10

O que acontece metafisicamente com essa coisa de se curvar para baixo em adoração, é que você de fato, dá o que quer a quem você adora, no holograma ilusório externo, é a sua energia. Então, quem adora a outro, o que significa qualquer outro ser na Terra ou habitantes de uma infinidade de reinos invisíveis, deuses, anjos, ou ETS, sua energia se torna comida “sacrifício” para esta entidade. A atual forma de dizer isto é “Você dá o seu poder !” Na verdade, literalmente.

Sob a Ilusão de Multiplicidades Holográficas

Todo este Universo, apenas um de muitos outros, é um holograma ilusório temporal. Sob a ilusão de multiplicidades holográficas é a Unidade, Fonte, a Imensurável Imensidão, o Criador Imutável. Você é uma parte do Campo Unificado do amor, que também é poder Divino como a energia, como a Força.

TAT Twam ASI – És Tu isto !

Levante a “cortina de cada átomo” e você vai encontrar a si mesmo. Quando você percebe que na sua UNIDADE o Deus habita simultaneamente dentro de tudo, você vai se surpreender com o quão poderosa a ilusão tinha que ser para iludir você da ideia temporal de separação do UM. Este poder de ilusão é o poder da arte criativa da MAYA/ILUSÃO (Shakti), que permite a UNIDADE jogar neste Universo como multiplicidade.
Quando você está conectado à UNIDADE ninguém pode usar você e sua energia, tornando-o um cordeiro, “sacrifício” para suas próprias necessidades. Mas, enquanto você sentir que “ele é um e eu sou outro, ele não sabe” ou seja, quando você vê o outro como Deus e pensa que você não é, então você não sabe e se torna vulnerável.
A única diferença entre você e os sublimemente iluminados que você adora é que através de seus próprios esforços, eles experimentaram a realização de Deus, eles se lembraram de quem são e sabem que Deus está dentro do coração e, talvez, você não saiba ainda, mas inevitavelmente, você vai saber !
A finalidade da vida, especialmente agora no crepúsculo da Kali Yuga é lembrar quem você é.

“Todo este Universo passou a existir apenas para levá-lo para a consciência de Deus.” ~Kashmir Shaivite sábio e erudito Swami Lakshmanjoo.

É óbvio para mim que em uma guerra nos céus, nós seres humanos, simplesmente não temos a tecnologia para lutar contra as entidades que têm o poder de se mover de uma dimensão para outra.
Nosso santuário encontra-se no nosso interior, na consciência.

©V. Susan Ferguson
Origem: wakingtimes

About Author

Reikiana, praticante e apaixonada por Yoga, a estudante de Design de Moda pela UCS, Manoela desenvolveu um grande interesse na conexão espiritual entre o passado, presente e o futuro da humanidade, seus caminhos e mudanças ao longo dos séculos. Suas pesquisas para o Verdade Mundial vem sendo amplamente visualizadas nas áreas da sociedade, história e religião.