Esta noticia é extremamente importante, as pessoas têm que ter conhecimento disto pois pode ser que seja desta que comecem a juntar as peças e comecem a perceber muita coisa. O jornal The Lancet publicou um estudo que classifica o Fluoride como uma neurotoxina perigosa. Este estudo coloca o Fluoride na mesma categoria que o Arsénio, Mercúrio e o Chumbo.

Para realizarem este estudo, o Dr Philip Landrigan da Escola de Medicina Mount Sinai de Nova Iorque e o Dr Philippe Grandjean da Escola Pública da Saúde de Harvard em Boston, analisaram várias áreas com esta substância, na sua maior parte na China, visto o Fluoride se encontrar na água canalizada. Substâncias deste tipo que danificam o cérebro podem causar diversas incapacidades neurológicas, incluindo falta de atenção, hiperatividade, autismo, dislexia, entre outros.

Este estudo revela que o IQ das pessoas pode também ser afetado, descendo sensivelmente 7 pontos do valor original. Os investigadores deste estudo focaram-se em crianças e em mulheres grávidas, onde verificaram que a janela de maior vulnerabilidade ocorre no útero, durante a infância passando pela adolescência.

Mas não é só nas crianças que este tipo de componentes é tóxico. Nos adultos também, chegando a afetar o sistema nervoso central. Os melhores exemplos onde se pode encontrar este tipo de químicos são em cosméticos e em ftalatos. Os ftalatos são um grupo de substâncias químicas usadas em centenas de produtos cosméticos, perfumes, spray de cabelo, sabonetes e shampoos, plástico e brinquedos de vinil, cortinas de chuveiro, recipientes para alimentos, etc.

Também é possível encontrá-los em tubos de plástico de canalização, tubos médicos e sacos de fluido, revestimento de vinil e outros materiais de construção. Eles são utilizados para amaciar e aumentar a flexibilidade do plástico e do vinil. De acordo com um Landrigan, na Europa os cosméticos não contém ftalatos, mas nos Estados Unidos sim.

Landrigan está agora a recrutar mulheres grávidas para um novo estudo a fim de se revelar mais danos químicos de esta ou mais substâncias.

Estamos a falar de uma medicação em massa que ocorre há várias décadas e com um produto químico perigoso que perturba a saúde do nosso cérebro, especialmente em crianças. Há muito se fala sobre isto, e muitos associam isto a teorias da conspiração, mas, para quem não sabe, o jornal The Lancet é o jornal mais antigo e o mais prestigiado na área da medicina e da saúde, portanto, se mesmo assim as pessoas não considerarem tais factos, então realmente o interesse em acordar, o interesse na própria saúde e na saúde das nossas crianças é muito pouca.

(CNN) (Estudo)

FONTE

About Author

Reikiana, praticante e apaixonada por Yoga, a estudante de Design de Moda pela UCS, Manoela desenvolveu um grande interesse na conexão espiritual entre o passado, presente e o futuro da humanidade, seus caminhos e mudanças ao longo dos séculos. Suas pesquisas para o Verdade Mundial vem sendo amplamente visualizadas nas áreas da sociedade, história e religião.