A glândula pineal (também chamada de corpo pineal, epífise cerebral, epífise ou o “terceiro olho”) é uma pequena glândula endócrina no cérebro dos vertebrados. Ela produz a melatonina derivado da serotonina, um hormónio que afecta a modulação do padrão vigília / sono e funções sazonais. A sua forma assemelha-se a uma pequena pinha (daí o seu nome), e está localizada perto do centro do cérebro, entre os dois hemisférios, escondida num sulco onde os dois corpos talâmicos arredondados se juntam.

O Segredo: O que eles não querem que se saiba

A Glândula Pineal ou o Terceiro Olho de cada ser humano pode ser ativado para as frequências do mundo espiritual e permite que se tenha a sensação de conhecimento profundo, euforia divina e da capacidade de amar incondicionalmente. Quando a glândula pineal está sintonizada a frequências apropriadas com a ajuda da meditação, yoga ou vários métodos esotéricos, métodos ocultistas, permite à pessoa viajar para outras dimensões. Isto é mais conhecido como viagem astral, projeção astral ou visualização remota.

Com mais prática avançada e métodos antigos, também é possível controlar os pensamentos e ações de pessoas no mundo físico. Sim, é bizarro, mas os Estados Unidos, os antigos governos da União Soviética e várias organizações sombra têm vindo a fazer este tipo de pesquisa durante séculos e têm tido sucesso para além da nossa imaginação.

A Glândula Pineal é representada no Catolicismo em Roma, eles retratam a “pineal” na arte como uma pinha em forma de cone. As sociedades antigas, como os Egípcios e os Romanos sabiam os benefícios e exemplificaram isso nas suas vastas simbologias com um símbolo de um olho.

A Glândula Pineal também é referência na parte de trás da nota de um dólar dos EUA, na qual é chamada de “all seeing eye”, que é uma referência para a capacidade de um indivíduo (ou grupo de indivíduos) em usar esta glândula e ir para o outro lado (mundo espiritual) e, possivelmente, controlar os pensamentos e ações das pessoas no mundo físico ficando a saber o que eles estão a pensar o tempo todo no nosso mundo físico.

Várias pesquisas confirmam que existem certos períodos da noite, entre a uma e as quatro da manhã, onde os produtos químicos são libertados no cérebro que provocam sentimentos de conexão com a sua origem superior.

A Conspiração: Como eles estão a matar a sua Glândula Pineal

No final dos anos 90, um cientista com o nome de Jennifer Luke realizou o primeiro estudo sobre os efeitos do fluoreto de sódio na glândula pineal. Ela determinou que a glândula pineal, localizada no meio do cérebro, foi alvo do fluoreto. A glândula pineal simplesmente absorveu mais flúor do que qualquer outra matéria física no corpo, até mais que os ossos. A Glândula Pineal é como um ímã para o fluoreto de sódio. Este calcifica a glândula e faz com que seja menos eficaz em equilibrar os processos hormonais do corpo.

Desde então que diversas investigações provaram que o Fluoreto de Sódio afeta a glândula mais importante do nosso cérebro! É a única coisa que ataca o centro mais importante da nossa glândula no cérebro. É predominante em alimentos, bebidas, no nosso banho e na água potável. Fluoreto de Sódio é colocado em 90% do abastecimento de água dos Estados Unidos. Os filtros de água que se compra em supermercados não extraem o Fluoreto da água. Só osmose reversa ou a destilação da água. A forma mais barata é comprar um destilador de água.

Fluoreto de Sódio está no abastecimento de água, alimentos, pepsi, pasta de dentes, antissépticos bucais, isto tudo para emburrecer as massas, literalmente! O flúor foi introduzido na água pelos Nazistas e os Russos nos seus campos de concentração para tornar a população do campo dóceis e não questionar a autoridade.

Eu não sou um teórico da conspiração, mas acredito que se se retirar o poder da alma, é estar a desligar a nossa essência com o nosso Deus e o poder da nossa origem, da nossa espiritualidade, e transformar-nos em escravos mundanos de sociedades secretas, organizações sombra e o controle do mundo corporativo.

Gostaria de terminar com esta citação:

“Não acredite em qualquer coisa simplesmente porque já tinha ouvido isso. Não acredite em algo simplesmente porque é falado por muitos. Não acredite em algo simplesmente porque é encontrado escrito em livros religiosos. Não acredite em qualquer coisa devido meramente à autoridade dos seus professores e anciãos. Não acredite em tradições porque foram proferidas por muitas gerações. Mas, após observação e análise, quando você achar que qualquer coisa está de acordo com a razão e é propício para o bem e benefício de um e todos, então aceite-o e viva de acordo com isso.” – Buddha

About Author

Reikiana, praticante e apaixonada por Yoga, a estudante de Design de Moda pela UCS, Manoela desenvolveu um grande interesse na conexão espiritual entre o passado, presente e o futuro da humanidade, seus caminhos e mudanças ao longo dos séculos. Suas pesquisas para o Verdade Mundial vem sendo amplamente visualizadas nas áreas da sociedade, história e religião.