Universidade de Cambridge desenvolveu chocolate que promete retardar o aparecimento de rugas e diminuir a flacidez da pele

Parece sonho, mas é verdade: comer chocolate sem culpa pode estar mais próximo do que se imaginava. Pesquisadores da Universidade de Cambridge, na Inglaterra, desenvolveram um chocolate que promete retardar o aparecimento de rugas e diminuir a flacidez da pele.

A ideia dos cientistas é que, com níveis de antioxidantes elevados, o Esthechoc aumente a circulação para evitar rugas e manter a pele com aparência jovem e suave.

Segundo os pesquisadores, 7,5 gramas do chocolate contêm a mesma quantidade de antioxidante que um filé de salmão. A pequena quantidade também tem os mesmos níveis de polifenóis do cacau em 100 gramas de chocolate comum.

O produto promete deixar a pele de uma pessoa que tem entre 50 e 60 anos com a aparência de que tenha 20 ou 30 anos. Os testes mostraram que, após quatro semanas comendo o chocolate todos os dias, os voluntários tinham menos incidência de inflamação no sangue, além do aumento da circulação sanguínea para o tecido da pele.

Como cada barra do chocolate contém apenas 38 calorias, os fabricantes afirmam que diabéticos também podem aderir ao tratamento. Sem preço divulgado, a guloseima deve chegar às lojas inglesas no próximo mês.

ZH

About Author

Criador do Site Verdade Mundial, fotógrafo por amor e profissão. Um inquieto da sociedade! Acredito que podemos mudar o pensamento das massas com a informação. Temos as ferramentas e a vontade de ver um Mundo melhor e livre. Estamos nessa luta há dez anos e em frente!