As forças iraquianas, mais uma vez, denunciaram sensacionalmente que os militares dos EUA estão lançando armas propositalmente para militantes terroristas nas regiões ocidentais do país, de acordo com um relatório.

A agência iraniana de notícias Fars relata que “um grupo de forças populares iraquianos conhecidos como Al-Hashad Al-Shabi derrubaram um helicóptero do exército dos EUA que estava transportando armas para o Estado Islâmico nas partes ocidentais da região de Al-Baqdadi, na província de Al-Anbar” na semana passada.

O relatório afirma que os lutadores postaram uma foto (veja acima) on-line do helicóptero abatido e das armas que foram recuperadas.

As reivindicações vem na esteira de relatórios da semana passada que afirmam que o Exército do Iraque abateu dois aviões britânicos, também entregando armas ao Estado Islâmico.

“O Comitê de Segurança Nacional e Defesa, do Parlamento Iraquiano, tem acesso às fotos de ambos os aviões que são britânicos e caíram ao transportar armas para o Estado Islâmico”, disse o chefe do comitê Hakem al-Zameli, de acordo com o centro de informações em língua árabe do Conselho Supremo Islâmico do Iraque.

Hakem al-Zameli, um legislador iraquiano sênior, acrescentou que o atual governo em Bagdá está recebendo relatórios diários das forças de segurança na província de al-Anbar sobre vôos lançando armas para o Estado Islâmico.

A razão para os lançamentos, de acordo com o legislador, é prolongar uma situação caótica na província de Anbar.

Na semana passada, um vídeo foi também publicado, afirmando mostrar um helicóptero americano Chinook lançando duas caixas cheias de armas para o EI, voando em baixa altitude em uma área controlado por extremista no sul de Fallujah. É dito que a filmagem foi feita pelas Brigadas do Hezbollah baseadas no Iraque.

Havia ainda relatórios de que alguns helicópteros norte-americanos pousaram em Fallujah, uma das principais bases dos militantes Takfiri, ligados ao EI no Iraque. Legisladores iraquianos pediram ao governo para abrir uma investigação sobre o assunto.

As reivindicações de que os EUA e o Reino Unido fornecem armas aos extremistas do EI estão em curso há algum tempo.

É evidente que armas fabricadas nos EUA caíram nas mãos do EI em várias ocasiões.

“Nós descobrimos armas feitas nos EUA, países europeus e Israel a partir das zonas libertadas do controle do EI na região de Al-Baqdadi”, o site de notícias al-Ahad citou o chefe do Conselho Provincial de al-Anbar, Khalaf Tarmouz, como dito recentemente.

Armas feitas na Europa e Israel também foram encontradas em Ramadi, disse Tarmouz.

“Os EUA lançam armas para o EI com a desculpa de não saber sobre o paradeiro das posições EI e estão tentando distorcer a realidade com suas alegações”, disse ele.

Fonte

About Author

Criador do Site Verdade Mundial, fotógrafo por amor e profissão. Um inquieto da sociedade! Acredito que podemos mudar o pensamento das massas com a informação. Temos as ferramentas e a vontade de ver um Mundo melhor e livre. Estamos nessa luta há dez anos e em frente!