Hillary Clinton e os arquivos OVNI

0

Hillary Clinton admitiu numa conferência de imprensa, em 10 de março passado, que usou seu e-mail particular para tratar de assuntos do Departamento de Estado dos EUA, o que criou uma tempestade de criticismo.  Os críticos do partido Republicano estão perguntando se os e-mails que desapareceram têm algo a ver com o incidente em Bengazi envolvendo as mortes de equipes do Departamento de Estado.  Muito da mídia corporativa dos EUA está especulando sobre o conteúdo dos 31.830 e-mails pessoais que ela alega ter apagado, já que eles não envolviam assuntos do Departamento.  O que não está sendo perguntado é se os e-mails que desapareceram envolviam referências aos arquivos secretos de OVNIs, os quais Hillary havia tentado ganhar acesso durante a administração Clinton.

Em agosto de 1995, foi dado a Hillary instruções pelo bilionário e filântropo Laurence Rockefeller, sobre evidências disponíveis de OVNIs.  Em 4 de agosto de 1995, um memorando pelo Conselheiro de Ciências do Presidente Clinton, o Dr. Jack Gibbons, confirmou que os Clintons estariam de férias com Rockefeller na Chácara Teton, no estado de Wyoming, naquele verão, e eles conversariam sobre OVNIs.

No memorando, Gibbons tentou dissuadir os Clintons de perseguir a agenda de Rockefeller para revelar arquivos secretos de segurança nacional a respeito de OVNIs.

hillary-clinton

Documentos liberados pelo Ato de Liberdade de Informação (FOIA) confirmaram o papel chave de Hillary Clinton quanto ao interesse da administração Clinton sobre os OVNIs.  Numa carta datada de primeiro de novembro de 1995, endereçada ao Conselheiro de Ciências Gibbons, o advogado de Rockefeller, Henry Diamond, revelou que Hillary Clinton estava realmente envolvida em ajudar a redigir uma carta para o Presidente.  Uma outra carta escrita pelo próprio Rockefeller, endereçada a Gibbons, datada de 5 de fevereiro de 1996, revelou que o Gabinete de Ciências e Tecnologia estava mantendo Hillary Clinton informada sobre as discussões de OVNIs.

Grant Cameron, o pesquisador canadense de OVNIs, responsável por pedir a liberação dos arquivos de OVNI através do FOIA, confirmou que Hillary Clinton era a pessoa na administração Clinton para as discussões sobre OVNIs.  Ele escreveu: “Hillary, repetidamente, falou sobre OVNIs, avistamentos de OVNIs e o conceito de uma ‘invasão alienígena’, em seus discursos e em suas declarações para a imprensa.

É importante apontar que uma das figuras envolvidas nos esforços fracassados da administração Clinton para ganhar acesso aos arquivos secretos de OVNIs foi John Podesta, que acabou se tornando Chefe de Gabinete para Bill Clinton.  Podesta subsequentemente se tornou codiretor da equipe de transição presidencial para a administração Obama em 2008/2009 – uma posição onde ele teve um papel chave na seleção da equipe da Casa Branca.

Mais recentemente, John Podesta admitiu estar envolvido numa tentativa secreta em 2014, para ganhar acesso aos arquivos secretos de OVNIs de agências governamentais desconhecidas.  Em seus últimos dias como Conselheiro de Energia e Meio-Ambiente para o Presidente Obama , ele escreveu:

“…meu maior fracasso de 2014: Uma vez mais não conseguir o desacobertamento dos arquivos OVNI…”

A confissão de Podesta levanta três importantes fatos.  Primeiro, em 2014, uma nova tentativa da Casa Branca de obter informações sobre arquivos secretos de OVNIs tinha sido feita, mas acabou fracassando.  Segundo, houve tentativas anteriores, sem sucesso, por parte de Podesta para obter a liberação de tais arquivos durante os anos das administrações de Clinton, Bush e Obama.  E por último, há uma entidade governamental e/ou corporativa desconhecida, com o poder de negar aos Presidentes e suas equipes o acesso aos arquivos secretos de OVNIs.

Quanto ao tópico dos 38.830 e-mail perdidos de Hillary, sabemos que ela tinha tido um interesse agudo nos arquivos secretos de OVNIs, e teve um papel chave nas tentativas da administração Clinton, ou para liberá-los, ou disponibilizá-los aos membros mais velhos da equipe da Casa Branca.  Também sabemos que a administração Obama esteve envolvida em uma ou mais tentativas secretas para liberação de arquivos secretos de OVNIs.

Como Primeira Secretária de Obama, uma questão importante que surge é se Clinton estava envolvida de alguma forma nos esforços secretos para a disponibilização dos arquivos secretos de OVNIs às autoridades da Casa Branca.  Infelizmente, a mídia corporativa não está perguntando à Hillary se qualquer dos seus e-mails desaparecidos tinha alguma referência com os arquivos secretos de OVNIs e com as tentativas da administração Obama para ganhar acesso aos mesmos.  Talvez, nos próximos dois anos, durante a campanha de Hillary para Presidente, junto com John Podesta, que saiu da Casa Branca para auxiliá-la, ela será acessível sobre as tentativas secretas de ganhar acesso aos arquivos de OVNIs.

Fonte

About Author

Criador do Site Verdade Mundial, fotógrafo por amor e profissão. Um inquieto da sociedade! Acredito que podemos mudar o pensamento das massas com a informação. Temos as ferramentas e a vontade de ver um Mundo melhor e livre. Estamos nessa luta há dez anos e em frente!