Parte da Mudança envolve uma mudança em nossa experiência da passagem do tempo. As pessoas comentam muitas vezes de como o tempo parece estar passando com muito mais rapidez do que há 10 ou 20 anos. Não é porque estamos ficando mais velhos; é porque a nossa experiência do tempo está mudando.

Isto está ocorrendo porque a freqüência da consciência humana está aumentando, assim a experiência da passagem do tempo acelerou. A velocidade da órbita dos planetas é ainda a mesma, a velocidade da luz é ainda a mesma e tudo no mundo exterior é ainda o mesmo, mas a nossa experiência mudou.

O tempo experimental é a experiência do tempo, como o “Tempo voa”, ou o “tempo se arrasta”. É subjetivo, em oposição ao tempo objetivo do mundo exterior.

Nossa experiência interna da passagem do tempo pode variar de forma considerável. Quando uma pessoa não está feliz em seu trabalho, por exemplo, o relógio na parede parece demorar uma eternidade para girar e o final do dia de trabalho parece levar uma eternidade para chegar. Por outro lado, quando uma pessoa está alegre e animada com o que ela está fazendo, a sua consciência está vibrando em uma freqüência mais elevada e, para ela, a experiência do tempo voa em um ritmo mais rápido.

Como dizem: “O tempo voa, quando você está se divertindo.”

Energeticamente, a diferença é que a alegria é expressa através da consciência superior, centrada no coração, enquanto o tédio se encontra na freqüência menos elevada do centro da consciência, no plexo solar.

Quando vocês estão entediados, a sua percepção do tempo passa lentamente, porque a sua consciência vibra em uma freqüência mais lenta. Quando vocês estão cheios de alegria e envolvidos em atividades favoritas, com pessoas a quem amam, sua consciência vibra em uma freqüência mais elevada e a sua percepção do tempo passa mais rapidamente.

O princípio que aqui opera é que a percepção do tempo experimental varia com a freqüência da consciência. O tempo experimental passa com mais rapidez em freqüências mais elevadas.

POR QUE A DIFERENÇA IMPORTA

A Mudança da consciência da Velha Realidade para a Nova Realidade, a consciência centrada no coração, inclui uma mudança em nossa percepção do tempo. A consciência centrada no coração traz com ela um grau crescente de libertação do tempo objetivo. Isto torna as experiências da vida mais importantes para a sua consciência do que a passagem do tempo. A vida se torna uma cadeia de experiências que parecem se expandir e contrair o tempo que elas levam para ocorrer. O continuum do tempo objetivo é o mesmo, mas a percepção da experiência é diferente.

A chave para compreender isto é que, porque a vida está no mundo objetivo é uma projeção da realidade maior que existe dentro de vocês, então uma mudança para a consciência superior lhes aproxima da realidade interior. Neste ponto, o tempo objetivo perde um pouco de sua importância e a experiência interior do tempo assume mais importância.

COMO O TEMPO IRÁ MUDAR NO FUTURO

Quando a freqüência da consciência das pessoas se elevar através da consciência da quarta dimensão, elas se tornarão mais sintonizadas com a sincronicidade que é oferecida por uma abordagem experimental do tempo. Quanto mais as pessoas se tornarem mentalmente sintonizadas com os outros, mais elas irão manifestar a sincronicidade em suas vidas.

Eventualmente, quando ao tempo experimental for dada mais atenção do que ao tempo objetivo, as pessoas planejarão se encontrar, não através de um encontro marcado em suas agendas, mas por ambas, sabendo quando é o momento adequado para tal encontro.

No trabalho, a pessoa sintonizada saberá através de sua intuição estimulada por sua alma, qual é a tarefa mais importante para ela tratar no momento e isto levará ainda a mais sincronicidade com as mentes de outras pessoas, intuitivamente orientadas.

A RAZÃO INTUITIVA FUNCIONA

A mente intuitiva sente a realidade de todas as situações de uma forma que a mente objetiva dos sentidos físicos não pode. Quando uma situação se desenvolve em fruição, em que pode ser mais bem abordada para mais efeito, a mente intuitiva tem este sentido perfeito do tempo e pode ajudar todos aqueles envolvidos em lidar com a situação.

Na quarta dimensão, na consciência centrada no coração, porque mais atenção é colocada na realidade interior do que no mundo exterior do relógio em movimento, a vida se torna mais fluida e menos rígida, baseada em um sentido intuitivo de que ação é correta a qualquer momento do tempo. O tempo se torna tudo, mas de uma maneira que a mente física, objetiva, não pode possivelmente compreender.

A intuição alimenta a sincronicidade, assim a experiência do tempo, com as suas expansões e contrações, assume maior importância do que o ritmo fixo do tempo objetivo do mundo exterior.

A consciência superior acrescenta mais habilidade aquelas que já se desenvolveram. A percepção intuitiva que leva à perfeita sincronicidade é um exemplo perfeito do crescimento que nos aguarda quando entrarmos na Nova Realidade.

FONTE

About Author

Reikiana, praticante e apaixonada por Yoga, a estudante de Design de Moda pela UCS, Manoela desenvolveu um grande interesse na conexão espiritual entre o passado, presente e o futuro da humanidade, seus caminhos e mudanças ao longo dos séculos. Suas pesquisas para o Verdade Mundial vem sendo amplamente visualizadas nas áreas da sociedade, história e religião.