O aparecimento de um conjunto de efeitos luminosos em torno do Sol denominado tecnicamente parélio é um fenômeno natural que fascina a humanidade há pelo menos 2,3 mil anos, desde os tempos de Aristóteles. Em zonas frias, a luz solar interage com pequenos cristais de gelo em suspensão na atmosfera e, sob certas condições, faz surgir pares de manchas brilhantes (os chamados falsos sóis ou cães de Sol), um halo (círculo parélico) e linhas retas (pilares do Sol) ao redor do astro. Em ocasiões ainda mais raras, essas formações também ocorrem nos arredores da Lua. Veja no vídeo produzido pela equipe de Pesquisa FAPESP como o casal de físicos Adriana e Alberto Tufaile, do Laboratório de Matéria Mole da Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH) da Universidade de São Paulo (USP), criou um modelo experimental e forneceu uma nova explicação para esse fenômeno usando água, detergente para lavar louça e uma ponteira a laser, daquelas usadas em palestras.

About Author

Trabalha na área de Controle de Qualidade em uma empresa Suíça. A espiritualidade fez com que Marluce despertasse espiritualmente. Sem um certo nível de consciência espiritual é impossível perceber a magia da vida.