Estamos entrando em um momento de mudanças profundas na Terra

1

Estamos entrando em um momento de mudanças profundas na Terra à medida que a massa do núcleo interior da Terra está mudando. Quando falo de massa, eu falo sobre um tipo de substância que é como um rio de fluidez no momento, como o interior da Terra é habitada e conhecida como Agartha isto se refere a crosta exterior do interior da Terra, é então o que nós conhecemos como a crosta do núcleo interno da superfície da Terra.

Eu vejo este rio como um tipo de quartzo ou de rocha fundida e isto está em processo de mudança entre outras coisas, como os antigos centros de energia que foram projetados no início quando a Terra foi criada e que agora estão despertando cada vez mais. Por favor, note que esta é a primeira vez que isto está acontecendo em milhões de anos, antes do surgimento de Atlântida, Lemúria e Mu, existiu a civilização de Lira no que é hoje o Norte da África, o Mediterrâneo e os Montes Urais da Sibéria. Assim, após a primeira, as outras civilizações eram construídas mais ou menos sobre os restos do que costumava ser a civilização anterior.

Eu estava mais interessada na minha própria investigação me aprofundando cada vez mais na geologia da África do Sul, onde os cientistas chegaram à conclusão de que a África é um SUPER CONTINENTE de milhões de anos atrás, muito mais velho até dos que já estiveram reunidos (MU).

É sobre este super continente que me refiro quando falo sobre centros de energia e eu não me refiro a chamada Teia de Luz que teve a sua origem muito mais tarde, depois que esta primeira civilização foi completamente destruída por causa de catástrofes imensas que aconteceram, envolvendo asteroides, cometas, etc, que atingiram o planeta causando um dano imenso por causa da explosão de Marduk, o planeta entre Marte e Júpiter que aconteceu neste período.

Como a Terra está agora sendo renovada em sua mudança para os estados de dimensões mais elevadas, estes centros de energia estão sendo reabertos, pois eles foram selados durante estas catástrofes imensas, eles surgiram em parte na Lemúria e Mu. No entanto, com o surgimento de Atlântida, alguns dos seus cientistas começaram a abusar dos recursos energéticos então esses centros foram preventivamente fechados novamente para evitar que algum destes cientistas literalmente explodisse o planeta Terra.

Como o conselho Intergaláctico tinha afirmado que nunca mais permitiria que outro planeta explodisse, por causa da destruição que causou no Sistema Solar e em toda a galáxia, com planetas como a Terra sendo jogados fora da órbita, esses centros foram então fechados, até o momento em que a humanidade atingisse a maturidade novamente, interrompendo seus caminhos autodestrutivos.

Eu estive nos últimos três meses sendo orientada a olhar para onde os vulcões estavam no planeta e não apenas os ativos, mas também os inativos. Quando a minha atenção foi atraída especificamente para o Chile na América do Sul e o norte da costa norte-americana que está escondido no Oceano Pacífico, depois também para a costa leste nas ilhas do oceano Atlântico, em seguida, o topo oriental em partes da América do Sul.
Minha atenção foi atraída para estas áreas específicas onde há uma imensa circulação de energias e como disse são liquefeitas, hesito em usar a palavra líquida, pois é uma massa agitada e brilhante vermelho cobre, ouro, platina, e às vezes um ardente vermelho laranja.

Na parte ocidental aconteceu naquele tempo da massa de terra entre a América do Sul e as Ilhas de Páscoa afundaram no Oceano. As Ilhas de Páscoa são remanescentes da primeira civilização e elas mantiveram as grades de energia juntas. Foi esta civilização que construiu as estruturas extremamente grandes na América do Sul, não foram os incas, elas foram construídas muito antes da civilização inca.

Uma das linhas da grade de energia mais importantes vai direto através destes centros ligando as Ilhas de Páscoa movendo-se de forma triangular para a costa oeste da América do Norte e depois direto para o Parque Nacional de Yellowstone, onde a energia se move novamente para baixo em direção ao Chile. Toda essa grade é uma massa em ebulição desta energia e tudo está imensamente instável no momento, isso gera uma grande quantidade de movimentos causando terremotos, erupção em vulcões, ou apenas mudanças semelhantes a um lacrimejamento com partes da Terra se afundando e o aparecimento de buracos enormes, isto é literalmente uma transformação da superfície da Terra.

A costa leste está vinculada a Atlântida e em certas partes da costa leste raios laser nucleares extremamente instáveis foram usadas pelos cientistas nos últimos dias na Atlântida para bombardear algumas cidades existentes na região que se recusavam a se curvar às suas exigências. Toda esta região de forma triangular enorme era usada para abrigar os templos de energia da deusa e as grades de energia da deusa. Conforme estas armas de laser nuclear eram disparadas para uma região causavam imensas falhas na Terra, por falta de palavra melhor, o que significa que debaixo do oceano há um tipo de movimento nas partes vitrificadas da Terra e também na própria massa da Terra, tudo isto está mudando.

Foi a utilização destes dispositivos nucleares que causou a destruição em massa nestas áreas, as grades de energia da deusa estão obstruídas, isto causa algo similar as artérias do corpo humano obstruídas que provocam ataques cardíacos. Então literalmente um tipo de movimento chocante ou contração forte vai acontecer nestas áreas, como um esforço maciço para poder desobstruir as linhas de energia permitindo que elas voltem a funcionar, começando em pequenos eventos e depois ficando imensamente profundos.

Do outro lado do planeta, o Japão, a China, as ilhas da Ásia, da Austrália e da Nova Zelândia, assim como as ilhas do Pacífico terão aumento da extensão do território a medida que a massa da Terra está aumentando. Este é um movimento em grande escala e está provocando uma elevação do fundo do oceano em muitos lugares, este movimento para cima significa que o oceano pode entrar em ebulição em determinados locais semelhante a gêiseres em erupção, vulcões podem começar a roncar mais e mais.

O mesmo se aplica às áreas onde ocorreram explosões vulcânicas no passado, especialmente em partes superiores da África, também a Europa e até mesmo alguns dos países nórdicos. No momento em que a parte do meio da Terra (em longitude) é mais protegida já que os tremores estarão de cada lado desta área, mas que também pode ficar instável, tudo é possível.

Para mim, isso é tudo parte do renascimento da Mãe Terra e nada temos a temer. Nós precisamos entender que as almas que perdem a vida nestes lugares sabiam que isto aconteceria antes mesmo de encarnarem e foram atraídas para esses lugares para ajudar em uma tarefa global ou até mesmo equilibrar o próprio carma de uma forma rápida. Elas sabiam que com a limpeza da Terra eles auxiliariam no processo ao deixarem o planeta, a medida que tudo isto vai ajudar no renascimento do planeta e da humanidade em geral.

Se você ler a história geológica do planeta Terra vai perceber que tudo isso não tem nada de novo e que já ocorreu muitas vezes antes neste planeta. Em essência, nós somos passageiros sobre a Nave Mãe Terra, e portanto, ela pode nos retirar a qualquer momento para permitir o seu próprio renascimento. Na maioria das vezes tendemos a esquecer disto e nos esquecemos de honrar a alma de GAIA, tendendo a imaginá-la como uma “alma inferior”, de “vida inferior”. Mas não é assim, ela é uma entidade imensamente amorosa de alto nível espiritual, que acolhe todos os seres vivos sobre seu corpo, uma vida que respira, que tem direito a viver, recebemos dela o nosso corpo e a permissão de viver no planeta, é com o consentimento dela que vivemos aqui e na realidade o que somos ?

Nós recebemos nosso corpo e permissão para habitarmos o planeta com a finalidade de sermos entidades de custódia ou guardiões do planeta Terra. Ainda assim muitas vezes destruímos deliberadamente o que foi entregue a nós e em nenhum outro momento falhamos tanto nesta lição do que na época da Atlântida.
A maioria das almas que estiveram envolvidas no final e nos tempos áureos na Atlântida está encarnada atualmente e agora é como nos tempos finais da Atlântida novamente. Na Atlântida houve uma violação em massa da energia.

Neste tempo de vida, a maior lição dos seres humanos será a de aprender a dominar o poder e usá-lo de forma que melhore a vida, construindo e não destruindo.

Se nós dominarmos esta lição, isto se manifestará nos próximos anos. No entanto, a Mãe Terra está em sua fase de renascimento quer tenhamos aprendido nossas lições ou não. Eu pessoalmente adoro este tempo, porque é um momento em que finalmente podemos rever o passado, equilibrando toda a escória e trauma da época da Atlântida, aprendendo o auto domínio e com a aprendizagem do auto domínio finalmente podemos entrar em uma oitava superior do Ser, que será ser o novo estado dimensional da 5ª dimensão ou superior, onde nós finalmente aprenderemos a assumir totalmente o papel de cocriadores responsáveis. No entanto, quem não estiver disposto a dominar as lições, não poderá entrar na Nova Terra. É tudo sobre o domínio das energias, do interior e do exterior.

Judith Kusel

Fonte: http://www.judithkusel.com/ – Tradução e Divulgação: A Luz é Invencível | Mensagem de 30 de maio 2015

About Author

Criador do Site Verdade Mundial, fotógrafo por amor e profissão. Um inquieto da sociedade! Acredito que podemos mudar o pensamento das massas com a informação. Temos as ferramentas e a vontade de ver um Mundo melhor e livre. Estamos nessa luta há dez anos e em frente!

  • Ricardo Augusto Garcia

    A transformação da terra se dará ainda nessa década? Os extraterrestres ajudarão a população?