Este caso não é muito conhecido aqui no Brasil e, na verdade, acabou não sendo muito divulgado mundialmente, pelo fato de que militares de diversos países implicaram um processo de bloqueio naval, que dificultou o estudo mais profundo das anomalias no Mar Báltico.
O caso gira em torno de uma anomalia que foi encontrada por um grupo de mergulhadores, especialistas(caçadores) em resgatar tesouros e artefatos históricos, em trocas das recompensas que são oferecidas por estas peças.
Eles fotografaram, de longe, uma anomalia muito intrigante, que aparente ser uma construção submarina, muito bem-feita ou – até mesmo – um OVNI, há milhares de anos submerso.Ficou com aquela pulga atrás da orelha? Então continue lendo nosso artigo e vamos descobrir juntos, o que ocorre no Mar Báltico!

Anomalias no Mar Báltico

Objeto estranho encontrado no Mar Báltico 2
Tudo começou em junho de 2011, quando um grupo de mergulhadores denominados “Ocean X”, fazia explorações submarinas no Mar Báltico, em busca de bebidas alcoólicas antigas, que teriam ficado em navios naufragados na região.Mas o que acabaram encontrando foi algo bem mais interessante que algumas garrafas de rum: Eles acharam uma formação muito estranha, e de um tamanho inacreditável.
Peter Lindberg, Dennis Åsberg e sua equipe de mergulhadores suecos alegaram que a formação está sobre uma espécie de “altar”, e inclui uma estrutura semelhante a uma escada, a qual leva até um orifício escuro. Segundo os mergulhadores, o objeto tem cerca de 60 metros de diâmetro e uma espessura entre 4 e 5 metros, estando suspensa em um pilar de quase dez metros de altura, numa profundidade 100 metros!
Além deste primeiro objeto, a Ocean X encontrou um segundo, de tamanho inferior, que está no final do que aparenta ser uma “pista”, com 300 metros de comprimento. Além disso, o segundo objeto deixou um claro rastro, de onde ele teria deslizado para chegar até ali. Os sonares que a equipe utilizava, conseguiram captar um ângulo de exatamente 90 graus, na parte superior da anomalia. O que indica que ela não é fruto de uma formação natural, mas sim algo sintético, feito por um ser pensante.
Ao todo foram encontrados três objetos interessantes, nas duas primeiras expedições promovidas pela Ocean X:
1) A anomalia principal, que é circular e têm mais de 60 metros;
2) Um objeto secundário menor, que está deitado a aproximadamente uns 200 metros do primeiro item, tendo este uma área em forma de duas “janelas góticas” que se encaixam perfeitamente;
3) A terceira anomalia se trata de um afloramento, com 28 metros de altura e 275 metros de largura, tendo em si uma rocha com abertura que passa por ela, encontrando-se em torno de 1500 metros, ao sul do objeto circular.
Tudo isso fez do objeto um grande campo de estudos, da Ocean X. Mas além deles, outras pessoas também se interessaram quando a notícia veio a público: Os militares.

Negações

Objeto estranho encontrado no Mar Báltico 5
Como era de se esperar, quando a notícia ganhou corpo, os militares se interessaram e foram averiguar o que ocorria no mar. Isso frustrou um pouco os planos de uma terceira expedição dos mergulhadores.Primeiro, pelo fato de que o acesso à região foi misteriosamente negado a qualquer pessoa, por uma “manobra de treinamento” promovido pelos Estados Unidos, que inclusive edificou um contrato para instalar uma base naval sua, ali na região.
Quase uma semana depois, certos de que agora teriam acesso ao objeto no fundo do mar, outra vez foram impedidos de prosseguir. Desta vez, pelo exército russo que – pasmem – também resolveu fazer manobras de treinamentos na região. E, claro, tratou de instalar uma base militar no local.Depois de quase 20 dias espera, a equipe finalmente conseguiu descer até o objeto, notar que algumas pedras que estavam sobre a anomalia haviam sumido (justamente no período das manobras militares), e investigar mais afundo.
O líder da equipe, ao voltar à terra firme afirmou com alegria: “Durante meus 20 anos como mergulhador, os quais incluem 6000 mergulhos, eu nunca vi nada parecido.  Normalmente as pedras não queimam. Eu não posso explicar o que vimos, e lá desci para encontrar respostas, mas subi com ainda mais perguntas.
O interessante é que, pouco tempo depois e algumas entrevistas feitas nas bases militares russas e norte-americanas, os mergulhadores passaram a se retratar publicamente. Afirmando que tudo não passava de um grande erro, que estavam enganados, que não existe escada nem abertura alguma nas pedras, que a imagem que eles fizeram ficou ruim e por isso é que, aparentemente, a anomalia parece sobrenatural, mas ela é somente uma rocha, de formação completamente natural e etc.
Inclusive o canal de TV, que firmou um contrato com a Ocean X, para filmar a terceira e derradeira expedição que traria respostas para o mundo, disse que as imagens acabaram se perdendo, devido a um erro na câmera.O mais intrigante é que, nas âncoras do navio que organizava os equipamentos dos mergulhadores, o nível de radiação encontrados foram 6 vezes superiores ao normal.
O canal de TV, simplesmente, perdeu o interesse no caso, bem como não se tem muito mais notícias da Ocean X e seus membros evitam falar do objeto que eles encontraram.Atualmente, o acesso ao local está proibido, devido as bases militares russas e norte-americanas que foram instaladas na região.
Se você quiser ver o vídeo com fotos de algumas expedições, clique aqui https://goo.gl/fS8vK0 (Vale lembrar que o mesmo está em inglês). [FONTE]

About Author

Trabalha na área de Controle de Qualidade em uma empresa Suíça. A espiritualidade fez com que Marluce despertasse espiritualmente. Sem um certo nível de consciência espiritual é impossível perceber a magia da vida.