Toda conquista interna representa dentro de nós o florescimento da ascensão. Não vamos confundir com vitórias profissionais. Conquistas internas são laboratórios que fazemos no dia a dia para efetuarmos a transformação necessária em nós mesmos. Quem não se vê, não consegue modificar ou efetuar as devidas correções em sua alma.
A Terra é uma escola e nela podemos alcançar o burilamento das nossas almas sem nos violentar, pois o que a alma requer é somente sabedoria e libertação.
Fui por esse caminho sem revelar a ninguém. Todos os dias me olhava como ser que poderia melhorar não somente a minha velocidade física, mas a interna. Esse processo se acelerou muito mais quando tive uma visão cósmica da figura amorosa do próprio Cristo.
Não foi uma visão demorada, mas Ele se mostrou dentro de mim e me senti realmente imperfeito para aquele momento. Contudo, eu tinha um caminho a percorrer, que não era das pistas sinuosas de nenhum autódromo, mas do meu autódromo particular. Tinha realmente, de superar-me e também de me surpreender com as vitórias alcançadas. E assim, minha alma seguiu livre sem nenhuma trava.
Deixava-me devanear pensando como seriam os jardins de Deus em Suas moradas. Acho que minha alma me dizia para ter pressa em relação a esse campeonato interno, o que com certeza me favoreceu mais tarde a adaptação na minha nova morada.
Alguém me mostrava distante os planos verdes de Deus e em fração de segundos me sentia muito mais integrado a realidade divina.
Entretanto, achava-me imperfeito para comentar tais experiências. O fato é que cada dia me tornava mais leve e mais gente, mais ser. Era um sentimento muito forte que me fazia devanear em certos momentos.
Hoje sei que era uma preparação e um treinamento que minha alma necessitava passar.
O fato é que quando aqui cheguei dormi bastante para que não me ressentisse com a saudade e com o choque daqueles que acreditavam em mim e que me amavam.
É mesmo um susto muito grande você se ver fora do corpo físico. Quanto a mim parecia que eu já sabia o que estava predestinado à minha pessoa em relação ao que aconteceu.
Fui muito preparado pela bondade do Senhor de nossas vidas através dos Seus intercessores.
Após a recuperação eu fiquei curioso com relação aos jardins mágicos, coloridos e diversificados de Deus que via rapidamente, em minha mente quando estava na Terra.
Quis comprovar. É lógico que perguntei primeiro se eu era merecedor, ao que me foi confirmado. Foi uma experiência que me marcou pela emoção da comprovação. Realmente, eram bem mais belos e muito mais concretos, perfumados. Rosas, miosótis, lírios, cravos e mais outras rosas que não existem na Terra. Ajoelhei-me reverenciando os jardins de Deus. Aquele era um presente que jamais ganhei na Terra!

A vontade de servir, agradecer, era forte. Emoções que se misturavam dentro do meu ser.

Nessa perfeita oportunidade conheci meu Anjo Guardião que somente se tornou visível quando presenciei as flores plantadas nos terrenos espirituais de Deus!
Que belo é o Anjo que me acompanhou a vida inteira e que me transportou sempre a uma conduta amiga e respeitável frente a todos que conviveram comigo na Terra.
Chorei sem lágrimas agradecido à vida, ao momento e antecipadamente, a todas as alegrias que viveria após aquele instante!
Não poderia deixar de lhes falar dessa inigualável experiência, pois o recebimento desse troféu coroou de paz e Luz o meu espírito que viverá para sempre, como Ayrton Senna, ou simplesmente, como obra da criação divina feita para o amor incondicional aqui em Seu Plano ou em outro ensejo quando voltar à Terra para missão maior de amor à humanidade, pois para isso me preparo a cada dia.
Ayrton Senna é uma etapa passada e muito abençoada. No futuro serei José, Manoel ou João, mas procurarei seguir o que minha essência deseja: “Amar muito a mim mesmo, a Deus e a humanidade que precisa de auxílio e encorajamento para sua evolução, e junto, a própria evolução do planeta Terra não em velocidade, mas com consciência de que a vida é o maior troféu em Luz imorredoura que teremos em mãos para todos os séculos.”
Sou grato ao Divino Criador, ao Cristo, a Santa Mãe e a todos aqueles que juntos buscam ajudar aos nossos amigos e irmãos cujas almas na Terra continuam enfermas e infelizes.
Rogo ao Pai o ensejo de voltar em comitiva à Terra juntamente, com amigos benevolentes que sempre descem somente para lhes ajudar.
E nessa oportunidade agradeço de joelhos também à amada madre Teresa de Calcutá com quem tive o privilégio de conviver na Crosta terrestre, em missão saneadora da Terra, a quem devo muito aprendizado pela doçura do seu coração e pelo amor que continua transmitindo, não somente aos pobres de dinheiro, mais aos pobres e enfermos de espírito.
Todo meu amor à minha família térrea e à minha família universal.
Psicografia: “Os jardins dos planos de Deus”.
Canal: Francyska Almeida. Julho de 2007 – Fortaleza/Ceará – Brasil.

About Author

Criador do Site Verdade Mundial, fotógrafo por amor e profissão. Um inquieto da sociedade! Acredito que podemos mudar o pensamento das massas com a informação. Temos as ferramentas e a vontade de ver um Mundo melhor e livre. Estamos nessa luta há dez anos e em frente!