Mais um dos muitos fatores que estão se mostrando visíveis sobre a mudança climática ao nível extremo. A possível passagem de um astro intruso em nosso sistema solar está afetando a todos e com a mudança de temperatura haja saúde para aguentar…

Segue a notícia do G1:

Uma onda de frio pegou de surpresa uma cidade do interior de Sergipe. Os termômetros chegaram a marcar 12ºC em pleno Nordeste. Está todo mundo encasacado.

O lugar parece uma cidade deserta: ninguém nas ruas, nem nas praças, igreja fechada, silêncio quase absoluto. O que tem afastado as pessoas das ruas tão cedo é um frio que ninguém na região tinha sentido antes. E não é exagero, está de congelar. Está frio demais, nem parece o Nordeste.

Foi o suficiente para tirar o casaco do armário. E a touca também. “Nunca pensei de ter esse frio aqui desse jeito”, conta uma moradora. Sair de casa, só para os fortes. “Ficamos sem coragem para trabalhar. Ficamos dentro de casa, por causa do frio”, diz um morador.

“Veio para botar todo mundo cedo dentro de casa”, completa outra moradora. A moradora Maria foi esperta: se abasteceu de casaco em uma viagem que fez há pouco para São Paulo. “Lá eu já sabia que aqui estava muito frio e vim prevenida”, conta.

Aquele antigo costume do interior de ficar na calçada de casa, nem pensar. É toque de recolher mesmo. “Já estive em São Paulo e não senti o frio que estou sentindo aqui agora”, afirma um morador. A temperatura despencou no interior de Sergipe. Em Riachão do Dantas, chegou a 12ºC, a menor já registrada no estado, desde que começou a medição oficial, há 20 anos.

Para aquecer os pés? Sacola plástica neles! “Às vezes, coloco ela e mais duas meias”, conta uma moradora. E haja cobertor, porque vai ser assim até o fim do mês.

About Author

Reikiana, praticante e apaixonada por Yoga, a estudante de Design de Moda pela UCS, Manoela desenvolveu um grande interesse na conexão espiritual entre o passado, presente e o futuro da humanidade, seus caminhos e mudanças ao longo dos séculos. Suas pesquisas para o Verdade Mundial vem sendo amplamente visualizadas nas áreas da sociedade, história e religião.