No mundo de hoje, Pensadores não são bem vindos!

4
No mundo de hoje, Pensadores não são bem vindos! Pois estas “incômodas” criaturas, a tudo questionam! Interrogam! E estão sempre em sentido contrário ao que a maioria pensa e faz. Esses tais Pensadores – anarquistas que são – recusam- se a guiar- se pelo senso comum!
Também desconfiam das ideologias políticas; duvidam das “verdades” religiosas dominantes; e não se deixam convencer pelas “certezas e convicções” alheias.
Antes, submetem tudo ao crivo da crítica, da análise, da reflexão e da experiência. 

E, somente depois de ponderar sobre todos os aspectos de uma determinada ideia ou situação…, se sentem mais confortáveis para acreditar, refutar ou opinar sobre ela.

Por isso, todo Pensador logo que identificado, é prontamente rejeitado! Pois muitas pessoas o consideram um inimigo da “verdade”.
E, de fato, enquanto todos se sentem confiantes de possuírem as respostas para tudo, ele faz da dúvida, a sua companheira constante.
E, quando discutem, uns com os outros sobre quem está com a razão, o Pensador diz apenas, que a sua “versão” da realidade é somente um ponto de vista.
Nem melhor nem pior que os outros. À vista disso, quando afirmam “Eis aqui o caminho!”, ele prefere a direção oposta. Até que o seu próprio diagnóstico, revele o rumo a seguir.
Pois o seu senso de liberdade lhe diz, que as “verdades” coletivas são sempre perigosas. E, na maioria dos casos, equivocadas!
Além disso, a experiência mostra que o autoconhecimento, a paz interior ou a iluminação espiritual…, é uma estrada individual; um trilho que cada um tem de percorrer sozinho.
Mas seja como for, é bem melhor não ter uma “verdade” sagrada, do que a hipocrisia de dizer que a encontrou, e nunca ter se deixado transformar por ela.

Por  – Jadem Freitas

About Author

Trabalha na área de Controle de Qualidade em uma empresa Suíça. A espiritualidade fez com que Marluce despertasse espiritualmente. Sem um certo nível de consciência espiritual é impossível perceber a magia da vida.

  • Marco

    Uau, parabéns pela honestidade, é raro uma pessoa não só admitir que é egocêntrica, como ainda promover o egocentrismo.

    É engraçado como o termo verdade perdeu o significado, hoje em dia parece que verdade significa versão ou visão própria, e isso é muito infantil.

    O egocentrismo dos adultescentes mimados contemporâneos, faz que eles pensem que a sua visão de mundo é tão real quanto a Verdade Factual, como se a sua vontade pudesse alterar a realidade… é o cumulo da imaturidade.

    Esse texto é a prova da capacidade intelectual de um representante do egocentrismo, frases baseadas em achismos querendo gerar impacto acompanhadas de gravuras, nada maduro isso, convenhamos.

    Já que ser adulto é difícil, e assumir a imaturidade não é opção, basta fingir que a verdade é aquilo que eu e pessoas que pensam como eu acreditamos que seja, assim ao invés de eu ter que crescer e evoluir sofrendo (ou talvez não) no processo para me adaptar à realidade, apenas crio uma “realidade” onde eu não só não preciso amadurecer, como ainda sou considerado um “pensador”.

    Já que é um pensador, já pensou que as pessoas que discordam de você podem ser inimigas da SUA “verdade”, e que isso de fato as tornam amigas da Verdade?

    • Bruno Blauth

      Verdade algo que todo pensador esta atras!!! Com amigos ou inimigos o pensador vai chegar la!!! Egocentrismo faz parte do abismo de situaçoes que desviam o foco do tunel…A luz eh clara de respostas

      • Marco

        Desculpe, infelizmente acho que essa sua ”luz” está cegando você.

        Suas definições são muito subjetivas e parciais, vou colocar definições mais conceituadas e objetivas que (antes que você reclame), não são minhas, mas de profissionais embasados.

        Verdade: Propriedade de estar conforme com os fatos ou a realidade. /Conformidade da ideia com o objeto, do dito com o feito, do discurso com a realidade. /Expressão fiel da natureza, de um modelo, etc.

        Egocentrismo: Qualidade do que é egocêntrico. /Tem origem no grego, sendo a junção de egôn e kêntron, que significa “eu no centro”.

        E aqui um fato: Segundo o psicólogo suíco Jean Piaget (figura incontornável no âmbito da psicologia infantil), o egocentrismo é uma característica natural nas crianças que se encontram na segunda infância (entre os 3 e 6 anos). Isso acontece porque nesta idade, as crianças não são capazes de entender que os outros indivíduos possuem crenças, opiniões e pensamentos diferentes dos seus.

  • Andréia da Cunha

    Rorty chama a estes de ironistas