“As pessoas dizem que há muitas outras coisas mais importantes que a atenção, mas, na verdade, sem atenção nenhuma delas funciona. Como você pode ser compassivo sem atenção? Como você pode curtir a beleza de uma cena da natureza se sua mente está complemente em outro lugar?”
— Matthieu Ricard

O problema de desatenção ou de não controlar a própria atenção não afeta só quem tem diagnóstico de distúrbios como TDAH (Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade), mas muitos de nós que nos consideramos “normais” e que estamos tocando aparentemente bem nossas vidas. Os sintomas aparecem nas ansiedades do cotidiano, nas ausências sociais e insatisfações frequentes, e para resgatar o poder e a necessidade da atenção, esse vídeo abaixo foi produzido e compartilhado pelo movimento “One Moment” (Um Momento), onde estudiosos e mestres como Matthieu Ricard e B. Alan Wallace falam a respeito do resgate da atenção no mundo moderno. B. Alan Wallace já chegou a dizer em seus discursos que “nosso estado mental normal é um “distúrbio obsessivo compulsivo delusório“.

Um problema que agrava o original é o que Mattieu Ricard apresenta na sua fala, reproduzida no início desse post, e que mantém as pessoas ignorando a importância absolutamente fundamental de tomar conta da própria atenção. “Sem atenção, nenhuma das outras coisas consideradas importantes funciona”, diz Ricard. Dar de ombros agrava mais o problema. Não reconhecer que é um problema grava ainda mais. O projeto One Moment foi criado pelas australianas Susan Pearse e Martina Sheehan, que acreditam que “o frágil e precioso presente da atenção é o recurso mais ameaçado no planeta hoje“.

O vídeo tem menos de 3 minutos e vale a pena prestar atenção (legendas em português podem ser ativadas clicando no ícone de Closed Caption):

FONTE

About Author

Reikiana, praticante e apaixonada por Yoga, a estudante de Design de Moda pela UCS, Manoela desenvolveu um grande interesse na conexão espiritual entre o passado, presente e o futuro da humanidade, seus caminhos e mudanças ao longo dos séculos. Suas pesquisas para o Verdade Mundial vem sendo amplamente visualizadas nas áreas da sociedade, história e religião.