PROCON encontra formol em carnes da Friboi e empresa pode ser multada em até R$ 7 milhões

2

O que a propaganda não mostra…

O Departamento Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (PROCON) do Paraná confirmou na tarde dessa terça-feira (1) que encontrou uma substância química conhecida popularmente como formol em amostras de carnes da empresa JBS-Friboi.

A carne foi processada em Naviraí, município distante 350 km de Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul. No mesmo dia em que o PROCON do Paraná confirmou a irregularidade, o governo do Mato Grosso do Sul deu R$ 1 bilhão em incentivos para que a empresa construa 4 novos frigoríficos no estado.

O PROCON instaurou processo administrativo para investigar o caso e, por meio de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), propôs que a empresa reconheça o erro e pague uma multa que pode chegar a R$ 7 milhões.

Para a imprensa do Paraná, a comunicação da JBS-Friboi limitou-se a dizer que a substância química encontrada nas análises é produzida pela própria carne. Análises de diversas outras marcas, no entanto, deram negativo para a substância encontrada nos produtos Friboi.

Embora proibido, o uso de formol para conservar carnes e leite têm se mostrado comum nos últimos anos. O formol é uma substância reconhecidamente cancerígena e sua ingestão traz diversos riscos à saúde.

Em outubro, a Organização Mundial da Saúde (OMS) classificou a carne vermelha – mesmo sem formol – como “provavelmente cancerígena” (relembre aqui). Na mesma ocasião, as carnes processadas como bacon, salsicha, linguiça, presunto e outras foram classificadas como cancerígenas.

Portanto, além de ser a empresa que mais mata animais no mundo, ocasionando sofrimento inenarrável, a JBS-Friboi não parece ser aquela empresa confiável dos comerciais milionários da televisão.

Dica da leitora Lilian Gusberti | Fonte: Minas Hoje

About Author

Criador do Site Verdade Mundial, fotógrafo por amor e profissão. Um inquieto da sociedade! Acredito que podemos mudar o pensamento das massas com a informação. Temos as ferramentas e a vontade de ver um Mundo melhor e livre. Estamos nessa luta há dez anos e em frente!

  • Murillo francisco Cason

    Carne sempre foi e sempre será sinônimo de uma coisa. Morte em todos os sentidos.
    Conclusão perfeita. Empresa responsável por um sofrimento inenarrável aos pobres animais.
    Agora o governo doar 1 bilhão em incentivos para essa empresa demoníaca é o fim da picada mesmo. Deem incentivo aos pequenos agricultores que cultivam alimentos saudáveis e que não causam sofrimento e morte de nenhum ser vivo consciente.
    Brasil tá entregue na mão do palhaço. O circo tá completo.

    • Jorge S. S. Martins

      ” Empresa responsável por um sofrimento inenarrável aos pobres animais. ”
      Pode culpar nós consumidores por isso também se quiser. Adoramos carne. E domingo no churrasco vou honrar o sofrimento destes animais nos abatedouros transformando a carne dele em energia e suprimento para o meu corpo.