5 coisas com as quais você não deveria se preocupar

0

Muitas vezes parece que viver em completa paz é quase impossível. Sempre encontramos um novo motivo para nos preocuparmos.

Claro que existem coisas que merecem uma atenção redobrada para serem solucionadas. Outras são mais fáceis de solucionar com um pouco de esforço. E finalmente existem aquelas que saem completamente do seu controle. Aqui listamos cinco aspectos com os quais você não deveria se preocupar. Anote isso e liberte-se dos pesos que você não precisa carregar na sua vida.

1. Suas dívidas

Todos nós temos contas e impostos a pagar. A cada dia você precisa comer e a cada mês você deve ganhar o suficiente para atender os seus gastos pessoais. Porém, preocupar-se com suas dívidas não faz muito sentido. Não estou dizendo para você se converter numa pessoa irresponsável que deixe de pagar suas contas e pronto.

O que sugiro é que ao invés de ter sua mente ocupada listando cada dívida e pensando que não é possível seguir adiante, concentre-se em criar uma estratégia. Em vez de preocupar-se, é preciso ocupar-se e definir como será possível pagar estas dívidas..

Uma grande quantidade de pessoas passaram por situações econômicas muito difíceis. Talvez você pense que se hoje o seu patrimônio acabar, seria impossível encontrar uma solução. Mas lembre-se de que para cada situação, por pior que seja, sempre há uma porta ou uma janela que pode ser aproveitada.

2. As opiniões dos outros

Todos nós temos uma opinião sobre tudo. E claro, todos têm uma opinião sobre você, sobre o que você é e o que você parece de acordo com o que já conhecem de você. Mas, por que se importar tanto com o que as pessoas pensam de você? Você faz de tudo para agradar a todos ou prefere ser autêntico(a)?

O problema com a preocupação em satisfazer as expectativas dos outros é que você pode se perder durante o processo. Claro que algumas pessoas têm opiniões que podem lhe interessar, como sua família, seu companheiro(a), seus amigos. Mas isso não significa que você deve agir todo o tempo como eles esperam. Você é uma pessoa independente que deve seguir seu próprio caminho sempre que ele não causar dano aos outros ou a si mesmo.

3. O passado

Você traz uma grande bagagem nas suas costas: seu passado. Mas não é o único; cada um lida com suas experiências prévias, suas aprendizagens e suas histórias da melhor forma possível. Algumas vezes essa bagagem é leve porque você teve uma vida carregada de leveza, rodeado de gente que te amava e que sempre foram seu suporte. Outras vezes, essa história de vida é mais complexa e lidar com ela não é nem um pouco fácil.

A realidade é que todos nós enfrentamos obstáculos no nosso passado. Não há necessidade de fugir dele, nem razões para preocupar-se ou envergonhar-se dele. No fim das contas, foi ele que moldou o seu caráter. Aprenda com suas próprias experiências, agradeça pelo que você teve e continue. O passado já não existe mais e não há nenhum uso em concentrar-se nele; aproveite para viver o presente.

4. Acumular muito dinheiro

Há pessoas que vão pela vida guiadas apenas pela necessidade de acumular dinheiro. Não importa o quanto têm,  sempre buscam um jeito de cortar gastos e ter mais e mais dinheiro. É sempre bom ter uma reserva financeira, mas se o único propósito da sua vida é o dinheiro, talvez tenha chegado a hora de rever como estão suas relações pessoais.

Quando você se distancia de todos, deixa de propor suas próprias metas e tudo começa a girar em torno de apenas um objetivo, não haverá dinheiro que lhe faça feliz. Não estou dizendo para sair hoje e gastar todo o seu salário. O que eu acredito é que você deveria preocupar-se e investir também em si, nas suas vontades, nos seus sonhos e em tudo que representa algo de importante na sua vida.

5. A vida dos outros

Estar ciente de que seus entes queridos estão bem e apoiá-los quando eles precisam demonstra que você se importa. No entanto, preocupar-se a todo momento com a vida dos outros não te ajuda em nada e, provavelmente, acaba sendo um tanto desagradável para eles.

Se você passa a maior parte do tempo prestando mais atenção na vida dos outros do que na sua, você não vai avançar tudo o que poderia. Não faz sentido tentar ser como outra pessoa, seja apenas você mesmo e viva sua vida.

FONTE

About Author

Criador do Site Verdade Mundial, fotógrafo por amor e profissão. Um inquieto da sociedade! Acredito que podemos mudar o pensamento das massas com a informação. Temos as ferramentas e a vontade de ver um Mundo melhor e livre. Estamos nessa luta há dez anos e em frente!