Uma estudante de 16 anos deu uma verdadeira lição nos governistas gaúchos durante uma sessão ordinária realizada no último dia 7 de junho, na Câmara Municipal de Pelotas, no Rio Grande do Sul. O vídeo com a fala da estudante está fazendo sucesso nas redes sociais. A jovem, que se apresentou como Flávia e aluna do Colégio Estadual Félix da Cunha, de Pelotas, faz parte de um grupo que ocupou a escola contra atos do governo estadual que atingem a educação.

“Cada um de vocês que está sentado aqui hoje, não estaria se o professor não tivesse dado educação”, disse a menina, sob aplausos.

A jovem atacou o governador José Ivo Sartori (PMDB) e questionou o plano de privatização do ensino público, que integra o projeto de lei de número 44, que pretende ampliar a participação privada e de serviços terceirizados nas instituições de ensino estaduais. Medida que, aliás, vem movimentando estudantes de diversas cidades do país.

“Sartori, eu não quero mais promessa, eu quero melhorias (…). Ele (governador) está colocando a gente de palhaço aqui. Porque no momento em que tu parcela em nove vezes o salário de um professor, tu só pode estar de brincadeira”, disse Flávia, ressaltando que a ocupação só vai terminar quando a PL 44 for abortada.

A menina cobrou salário e respeito aos professores, defendendo que só a educação pode melhorar a situação do país.

Confira acima no vídeo a brilhante participação da menina na sessão ordinária da Câmara de Pelotas.

About Author

Trabalha na área de Controle de Qualidade em uma empresa Suíça. A espiritualidade fez com que Marluce despertasse espiritualmente. Sem um certo nível de consciência espiritual é impossível perceber a magia da vida.