1) Meditar profundamente por um período curto é melhor do que meditar por um longo período com a cabeça voando. Por isso, no começo, não se force a sentar por longos períodos. Almeje meditações curtas e profundas. Gradualmente, você irá se acostumar com a profundidade e poderá aumentar o tempo da meditação.

2) Não sinta-se mal se você se pegar inquieto demais para meditar profundamente. A calma vem com o tempo, quando se pratica regularmente. Portanto, jamais se conforme com a ideia de que meditar não é para você. Lembre-se de que a calma é a sua eterna e verdadeira natureza.

3) Um discípulo estava tendo dificuldades com a sua meditação. Ele perguntou a Sri Yogananda: “Será que não estou tentando com empenho?”. O mestre respondeu: “Você está tentando demais. Você está usando muita força de vontade. Está ficando nervoso. Apenas relaxe e fique tranquilo. Enquanto tentar meditar, você não conseguirá, assim como não consegue dormir quando tenta se forçar a dormir. A força de vontade deve ser usada gradualmente, caso contrário pode ser prejudicial. Por isso é melhor que no começo se enfatize o relaxamento.”
Não fique nervoso ou impaciente em seus esforços a procura de Deus. Abra o coração sem ficar ansioso por resultados. Seja paciente. Vá com calma e tranquilidade rumo a seu objetivo divino.

4) Um devoto estava com dificuldades em ficar acordado durante a meditação. Yogananda deu a seguinte sugestão: “Aperte bem seus olhos algumas vezes, depois abra-os bem e olhe a frente. Repita isso mais uma ou duas vezes. Se fizer isso, a sonolência irá embora.”

5) Tente ir além do pensamento pois se os pensamentos entram na sua cabeça você está funcionando no nível da consciência. Quando você sonha, você entra no subconsciente e está mais ciente no seu corpo astral.
Quando sua consciência se recolhe mais profundamente na super-consciência você está centrado na felicidade, na espinha. Nesse estado de felicidade você está ciente no seu corpo causal, a alma.

6) A alma ama meditar pois em contato com o espírito é onde está a verdadeira alegria. Se você enfrentar resistência mental durante a meditação, lembre-se que a relutância em meditar vem do ego; não da alma.

7) Se alguém quer ser um grande pianista irá praticar 12 horas por dia. Se, em vez disso, praticar displicentemente alguns minutos por dia, jamais se tornará um bom pianista. É assim que deve ser na procura por Deus. Como você pode achar que sabe quem é ele se não está realmente tentando. É muito difícil alcançar Deus. Se até mesmo um pianista precisa trabalhar duramente anos para atingir o sucesso, imagine o tamanho da dedicação de um devoto à meditação para compreender o Infinito! Aqui, no entanto, está um pensamento encorajador: Qualquer um que se dedicar com sinceridade ao caminho da espiritualidade irá certamente atingir seu objetivo. Você não pode dizer o mesmo das ambições mais ordinárias. Nem todo mundo pode se tornar um grande pianista, não importa o quanto tente. Pois em cada campo existe pouco espaço no topo. Todo mundo, no entanto, pode clamar igualmente seu lugar como filho do Pai Celestial.

8) Quando sair, tente sentir que tudo ao seu redor faz parte da sua consciência expandida.
Olhe para as folhas nas árvores e tente sentir seus movimentos. Imagine que Deus está expressando seus pensamentos e inspirações através daqueles movimentos.
Observe as folhagens balançarem com o vento. Imagine que a brisa é o sopro de Deus no mundo, inspirando todos os seres e lhes dando vida. Ouça o canto dos pássaros. Sinta que Deus, através de sua música, está tentando te tocar com a sensação de contentamento divino. Esteja atento para os raios de sol na sua pele. Pense que o calor que você sente vir do sol é a energia de Deus. Deixe que ele encha o seu corpo de força e vitalidade. Imagine que a energia divina, através dos raios de sol, fortalece as criaturas por toda a Terra.

9) Medite mais e mais profundamente, até que a calma e felicidade se tornem a sua natureza. Ficar imóvel não é difícil. Pensar que é difícil é o que o separa disso. Nunca pense que a alegria divina está longe de você e ela estará sempre com você.

FONTE

About Author

Reikiana, praticante e apaixonada por Yoga, a estudante de Design de Moda pela UCS, Manoela desenvolveu um grande interesse na conexão espiritual entre o passado, presente e o futuro da humanidade, seus caminhos e mudanças ao longo dos séculos. Suas pesquisas para o Verdade Mundial vem sendo amplamente visualizadas nas áreas da sociedade, história e religião.