Forças militares americanas X extraterrestres greys – A Base de Dulce

2

Os cientistas do governo (o governo secreto) supostamente trabalharam ao lado de uma força extraterrestre para pesquisar as diversas formas em que a população da Terra poderia ser trazida sob um controle totalitário final que deixaria a humanidade como pouco mais do que animais de fazenda a ser utilizados para a reprodução. Tudo isso começou com um tratado de 1947 assinado pelo presidente Harry Truman, que pôs em marcha um plano onde a ELITE obteria segredos tecnológicos alienígenas em troca de permitir que os alienígenas raptassem seres humanos para suas pesquisas diabólicas. Com o tempo, à elite seria permitido sobreviver para se tornarem os senhores das ovelhas humanas, sob o controle final dos alienígenas – como os cães que vigiam as ovelhas em uma fazenda humana…

Tradução provisória: Tradutor do Google 
(com revisão provisória de Ibiatan Upadian)
 

Localizado quase dois quilômetros abaixo de Archuleta Mesa na reserva de Jicarilla Apache Índico, perto de Dulce, Novo México, foi criada uma instalação classificada tão secreta, que a sua existência seria uma das realidades mais protegidas do mundo. Não foi o primeiro laboratório de biogenética do governo dos Estados Unidos associado aos extraterrestres na Terra. Outros existem no Colorado, Nevada e Arizona, isto para não falar em uma série de outros locais como o Afeganistão e Rússia – mas Dulce foi e continua sendo o maior …
Numa época em que os oficiais encarregados das principais unidades militares ainda faziam parte da geração que via em mulheres jovens – mães em potencial – como um tesouro a ser protegido, ao saber que milhares de jovens do sexo feminino estavam sendo sequestradas e até mesmo criadas (clonadas, etc) para uso como escravas sexuais por alienígenas, era simplesmente demais para esses homens permitir que continuassem com isto.

images
A virada veio quando o Conselheiro de Segurança Nacional, Dr. Zbigniew Brzezinski reuniu-se com o presidente Jimmy Carter na Casa Branca, em 14 de junho de 1977, com uma série de outros “agentes e líderes de inteligência”, para trazer rapidamente até o presidente o andamento de uma série de programas secretos, incluindo o “Projeto Aquarius”, e o trabalho que estava sendo feito em Dulce, área 51 e outras bases secretas. Brzezinski, um membro da elite do poder que apoiou a causa “Grey”, nunca imaginou que o presidente ficaria tão chocado que imediatamente solicitaria aos conselheiros militares de confiança da comunidade de inteligência militar as opções de como parar com o que estava acontecendo.


A Agência de Segurança Nacional (NSA) tinha sido secretamente preparada para a luta contra a causa alienígena, e os humanos que trabalhavam para ou com os extraterrestres, desde que foi criada em meados dos anos 1950″. O Projeto Aquarius foi originalmente criado em 1953, por ordem do presidente Eisenhower, sob o controle do NSC e MJ 12. Em 1966, o nome do projeto foi alterado de Projeto Gleem para Projeto Aquarius e partes dele foram para Deep Cover, escondido até mesmo da CIA e do NSC. Nesse ponto, a NSA tinha aberto um “Departamento ou Arquivo X” (para identificar e estudar todas as operações estrangeiras (extraterrestres) ou inimigos que poderiam ser uma ameaça para os Estados Unidos ou a raça humana em geral) e “Departamento Z” (para “reagir” e“neutralizar” qualquer tipo de ameaça para os Estados Unidos ou a raça humana).


Em Ordem presidencial secreta, assinada pelo presidente Jimmy Carter, da NSA, Departamento Z, a recém-criada DELTA FORCE, e um grupo especialmente escolhidos a dedo de Força Aérea SOC, Navy SEAL, e Rangers do Exército foram organizados para uma missão tão secreta que nem mesmo oficiais de comando foram informados de que se tratava até a noite do ataque. Os únicos líderes do ‘Team Attack’ que sabiam sobre o que este seria eram os homens envolvidos no Departamento NSA-Z, que tinha sido envolvido com estrangeiros (extraterrestres) de combate durante anos. O comandante do ataque não era outro senão o Capitão Mark Richards, o filho do infame “Dutchman”, Major Ellis Loyd Richards, que tinha sido o comandante de Segurança Internacional (IS) desde que o Almirante Chester W. Nimitz morreu em 1966...

CONHEÇA OS DOCUMENTOS DE DULCE

Em 1978, o Departamento X da NSA estava alertando os comandantes humanos sobre os novos programas a partir de Dulce, que eram tão assustadores que até mesmo homens experientes de guerra ficaram chocados. Milhares de jovens fêmeas humanas estavam sendo “criadas” em tubos de ensaio para serem escravas sexuais para os extraterrestres. Mas esses clones foram provando ser menos do que satisfatório para os extraterrestres, porque não “sofrem” da mesma forma que as vítimas, uma vez livres fazem. Elas podem ser projetadas para fornecer as melhores ferramentas sexuais por algumas das formas de vida estranha, mas elas estavam a revelar-se quase “sem sentido” e, portanto, não poderiam reagir com o “medo” que as mulheres jovens normais podiam. Por essa razão, enquanto o programa clone continuava, foi decidido que o programa de rapto seria intensificado – com os ataques “a curto prazo” forçados a aumentar em 1980 para mais de 100 mil por ano, e a facilidade de ser ampliada para “longo prazo” vítimas (que iria ficar lá por tanto tempo quanto eles viveriam) com os números de mais de 75.000.

Os laboratórios de Dulce começaram a clonagem de fêmeas humanas por um processo aperfeiçoado em instalações do maior e mais avançado laboratório de bio-genética do mundo, Los Alamos. Os humanos da elite que manipulavam os governos das sombras do mundo logo teriam uma linha de escravos descartáveis, para abate médico e retirada de partes do corpo e para a satisfação de seus próprios prazeres pervertidos. Como os alienígenas Greys, o Governo dos EUA (secreto) secretamente sequestrava fêmeas jovens e impregnadas, e em seguida, removia o feto híbrido, após um período de três meses, para depois acelerar seu crescimento em laboratórios. Programação Biogenética (manipulação de DNA) foi então incutida – sendo muitos implantados com todos os tipos de dispositivos, alguns que lhes permitiu serem controlados à distância através de transmissões de RF (Rádio Frequência)…

Esta é uma versão muito condensada do relatório da BATALHA DE DULCE… A versão com 166 páginas — e outro EDH Relatórios de pesquisa — estão disponíveis em:http://www.edhca.org/12.html

FONTE | Dica do leitor Gilberto Melo

About Author

Criador do Site Verdade Mundial, fotógrafo por amor e profissão. Um inquieto da sociedade! Acredito que podemos mudar o pensamento das massas com a informação. Temos as ferramentas e a vontade de ver um Mundo melhor e livre. Estamos nessa luta há dez anos e em frente!

  • GUL DUKAT

    ISSO É UMA VIAGEM SEM CABIMENTO

  • Abel Aureliano Seraphin Junior

    Meu! Os governantes – seja brasileiro, americano etc- são tão ineptos em administrar, que seria realmente um milagre de origem alienígena/divina eles acobertarem uma coisa tão incrível. Pode até ser que existam seres com uma tecnologia beirando ao milagre, mas nossos estúpidos e incapazes governantes esconderem algo tão assombroso da imprensa investigativa, de policiais, outros políticos e militares e até de uma população de 7 bilhões de almas, ah vá!