A Lua Cheia de Outubro e as Mudanças

0

No dia 16 de outubro, a Lua esteve até 30% mais brilhante e 14% maior do que o normal. O fenômeno é conhecido popularmente como superlua, e ocorre quando a Lua atinge sua fase cheia próximo ao perigeu, o ponto da órbita lunar localizado mais próximo da Terra.

O motivo desse tipo de aproximação é o formato elíptico da órbita da Lua, que fica 50 mil quilômetros mais perto do nosso planeta no perigeu em comparação com o apogeu, o ponto mais distante. O evento da superlua não é raro – acontece a cada 14 meses. Quanto mais próximo do perigeu ocorrer o ápice da Lua cheia, menor será a distância da Lua à Terra e por isto é que aparenta estar maior. E desta vez a diferença entre o perigeu e o clímax da lua cheia será mínima, de apenas 27 minutos.

Significado astrológico
Alguns devem lembrar que o ano passado tivemos uma superlua também no fim de setembro, mas com eclipse total, o que gerou a chamada Lua de Sangue. Dessa vez não teremos eclipse mas a configuração planetária que a acompanha pode ter desdobramentos mais intensos.

Efeito da Lua cheia

Na Astrologia o processo da Lua Nova à Lua Cheia é um crescente de intensidades, a medida que a Lua se aproxima da Lua Cheia ela espelha para a Terra as energias do cosmos com mais intensidade até chegar no seu máximo, na Lua Cheia. E nesta Lua Cheia por estar mais próxima da Terra então a intensidade de espelhamento e do próprio poder da Lua estará ainda mais forte, atingindo com mais amplidão, profundidade e complexidade o mundo emocional. Vejamos a seguir a situação da configuração planetária que acompanha.

Luz & Sombra

Esta configuração coloca os “eus da Luz” com os “eus da Sombra”, para os que consideram a Luz como grau superior, então seria o enfrentamento dos “eus superiores” contra os “eus inferiores”… poderíamos dizer também os “eus celestiais” no comando do Sol e Júpiter, e os eus telúricos no comando de Éris, Urano, Plutão, Marte e a Lua… ou os “eus penteus” e os “eus dionisiacos”.

Muitas pessoas estão paranoicas, com ideias e sentimentos negativos, muitos se torturam com a previsão de tragédias sejam no âmbito social, seja na família ou com a própria vida. Muitos vivem situações muito desafiadoras imagina a situação dos ex-presidentes, do presidente, dos senadores, e ex-senadores, dos deputados, vereadores com o rabo preso as ilegalidades… Mas não estamos sendo torturados só pelo julgamento social de nossos atos, cada um também está julgando a si mesmo na pujança da nova consciência que em cada um está nascendo na força da Nova Era.

Como Éris, Urano, Plutão e Marte estão envolvidos muitos estão “pólvora” pura, e assim inquietos, excitados, paranoicos se sentem em seu corpo como leão enjaulado. Por outro lado no Brasil o estado dos governos, seja na federação, como nos Estados e Prefeituras está no fio da navalha, a qualquer momento podendo estourar uma revolução sem precedentes na historia do Brasil… o momento desta virada ainda não chegou mas com certeza fatos importantes estarão por estourar, lembrando também que em 20 de outubro terá a conjunção exata de Marte com Plutão no grau 15 de Capricórnio – máxima intensidade das forças detonadoras de acontecimentos prometidos.

Plano pessoal – Como te pega?

Para você avaliar como a Lua Cheia e esta configuração especial vão te atingir terá que estudar a sinastria de teu mapa natal como o mapa o mapa da Lua Cheia, especialmente veja as casas natais que são ativadas pelo posicionamento do Sol, da Lua-Eris-Urano e Marte-Plutão.

Todos seremos convidados a entrar em contato iluminado com nossa criança emocional interior (Lua cheia em Áries) a tal ponto que ela não fique assustada com o que estivermos vivendo e desse jeito possamos viver a incerteza como uma oportunidade para sermos criativos, inovadores, arianos iluminados.
Os “eus sombra” (inferiores, telúricos) estarão ativados e querendo se manifestar. É bom momento para que cada um perceba suas máscaras, seus “falsos eus” e encontre um jeito de os libertar aproximando-se assim a seus “eus anelados” alinhados a missão de vida, a vontade do “eu espiritual”.

Estes dias exigem, limpeza, depuração radical do que se possui, ficar leves e espaços atualizados… Pode chegar a delicia da perfeição… que é quando você olha para seus objetos pessoais e decorativos e sente felicidade, satisfação com suas presenças em sintonia com teu momento… Tenha coragem para encaminhar os objetos que não gosta mais, que não vai usar nos próximos seis meses… no mínimo que eles não ocupem os lugares onde você convive, trabalha, medita… de outro jeito eles vão te dispersar, te amarrar, te puxar para o que eles significam na tua vida.

Dá uma iluminada também no estado de teus relacionamentos, e experimenta estabelecer diálogo e entendimento para saber o que os outros querem de você e da relação e o que você quer dos parceiros e das parcerias… É momento para fazer atualizações de “contratos de relacionamento”, atualizar “pactos”. O desafio é quando nos relacionamentos não se deixa claro o que se quer, o que se espera, onde se quer chegar… e assim reina a confusão, a mentira, a falta de confiança e diálogo compassivo.
O terceiro ponto é definir o que quer realizar como trabalho neste momento especial que vive o Brasil e que vai se prolongar a cada dia mais desafiador pelos próximos anos… O ideal é começar a investir no que se sente como missão pessoal. E estarmos em lugares e junto a pessoas que tem a ver com nossa missão…

Mas se concentre no teu próprio processo de aprimoramento e mudança pessoal, o melhor que pode fazer cada um é se responsabilizar com o que vive nos diferentes setores da tua vida. Todos teremos que nos transformar, aprimorar, abrir novos horizontes e darmos contas de desafios que parecem impossíveis.
Se você ainda está na ilusão de que o que vive é responsabilidade dos outros poderá sofrer muito mais.
Para os que são castigados pela correção e a pureza obsessiva, aconselho a ficarem alertas para não entrar em processos de julgamento, condenação, paranoias diante erros e faltas que todos perceberemos em nossas vidas, e na vida dos próximos… a complexidade do momento exige primeiro que tudo aceitaçãodiante as revelações generosas da Luz reinante, e entrando em contato com a real, todos os envolvidos darem o melhor de si para juntos transformar, evoluir, aprimorar…
Quem nestes momentos seja consciente ou inconscientemente alimentar o “lobo mau” poderá entrar num processo de dor e sofrimento irreversível até o fim do transe.

O obsoleto jeito de julgar os indivíduos com castigos deverá ser substituído por melhoramento ético funcional da rede, das normas, dos processos de acompanhamento e segurança… de nada serve excluir da rede alguém que é vítima de mal funcionamento da rede, isso não resolve… o desafio é que cada comunidade, rede acolha a seus membros com máximo carinho, solidariedade, compaixão, todos sabendo que qualquer um de nós pode cair, errar, cometer falta… só o amor cura, transforma, permite o aprimoramento pessoal e o aprimoramento da rede que nos une…
Ego, emoções negativas e a bênção da presença

“A felicidade não é algo que se tenha que adquirir. Você é sempre a felicidade. O desejo de ser feliz, desconhecendo que já se é feliz, nasce da sensação de estar incompleto. Para quem existe essa sensação de estar incompleto? Para o ego. O que interfere entre a felicidade potencial e esta infelicidade? O ego. Ilumine a origem da infelicidade e descubra que você é a Felicidade.”– Ramana Maharshi- Genlileza de Persia do Vale

Cada pessoa tem suas metas, seus sonhos, e isso é muito bom. O desafio é que a obsessão por realizar o que se quer impeça se estar presente e o pior que seja o Ego arrebatado quem comande nosso estado de animo em função de como ele se estiver saindo na sua vontade alucinada de ser reconhecido, elogiado, adorado.

Confunde-se “conquistas de aprovação” com “realização de serviços amorosos” e assim a opinião e a avaliação dos outros se torna a medida da felicidade. O ego e o sistema competitivo vigente na sociedade de consumo nos condena ao desejo de sermos melhores que os outros e a nos ofendermos se alguém nos aponta algum erro, falta ou pior ainda se nos desaprova, desconhece ou rejeita.

Se conseguirmos detectar nosso próprio ego e programação negativa e dar a ele seu lugar o impedindo de centrar nosso estado de presença, automaticamente abandonamos a necessidade de criticar, discutir, competir ou julgar e nos libertamos dos desdobramentos negativo da opinião e julgamento dos outros. Este o jeito mais fácil de nos libertar do papel de vítima, de transmutar o sofrimento em aprendizados e aprimoramentos, de se libertar da maldição de se sentir indigno de ser amado e de finalizar a tortura que é alimentar as emoções negativas.
Encantamento no ar

O Sol no ponto da Lilith por um lado e a Lua no ponto de Priapo no outro no contexto planetário atual, nos levarão a um estado de encantamento que deverá ser acolhido com naturalidade e simplicidade, na proteção da presença contemplativa e se possível do silêncio meditativo… neste estado o inconsciente de cada um presenteará com aquilo que deverá ser conhecido para se aprimorar, se tornar mais amplo, generoso, virtuoso.

Alternativa feliz

Hora boa para abrir o coração e expressar o seu amor e carinho a seus próximos através de ações afetuosas diárias, a todo o momento agradecer pelas presenças de seus amados e amadas em sua vida.

FONTE

 

About Author

Estudante no curso Design de Moda pela UCS, Manoela desenvolveu um grande interesse na conexão espiritual entre o passado, presente e o futuro da humanidade, seus caminhos e mudanças ao longo dos séculos. Suas pesquisas para o Verdade Mundial vem sendo amplamente visualizadas nas áreas da sociedade, história e religião.