A ascensão é a elevação da frequência vibratória dos nossos campos energéticos, até as oitavas mais elevadas de luz, é o processo de aumento do nosso quociente de luz interior, a fusão com nossa verdadeira natureza. Ascender é reconhecer nossa matriz divina e recuperar a consciência de quem realmente somos.

O processo de ascensão é nosso caminho de reencontro com o Plenum Cósmico/ Deus, ao mesmo tempo que O trazemos para se manifestar em nossa personalidade. Neste aspecto podemos dizer que a ascensão é na realidade uma descensão, ou seja, é o processo de trazer a luz á nossa mônada (ou presença EU SOU) para se manifestar e expressar através da nossa personalidade. E com a manifestação da luz na Terra, estamos realizando nosso propósito divino no planeta.

O planeta Terra está passando atualmente pelo processo de ascensão planetária, que é um processo natural que ocorre a todos os planetas num estágio específico de sua evolução. Ao mesmo tempo em que sua frequência fica mais refinada e sua vibração vai chegando a oitavas superiores, os seres que habitam o planeta, também são modificados pela nova frequência.

Tornar-se mais consciente de Si, amadurecer espiritualmente, questionar padrões e paradigmas que até então considerava inquestionáveis, não é fácil e tem naturalmente o seu preço. Mas importa referir que este processo tem também a sua gratificação, pela qual vale todo o esforço: a gratificação de resgatar o seu verdadeiro EU e sentir-se mais pleno, sábio, verdadeiro e realizado.

Os amigos começam a distanciar-se

1-O tornar-se mais espiritualmente conectado pode mudar muita coisa em nós muito rapidamente, afetando algumas das nossas amizades mais próximas.

2-Alguns amigos começam a tratar-nos com distanciamento, hostilidade e alguns podem até tentar humilhar-nos, pelo fato de não se identificarem com a versão mais autêntica de nós mesmos.

3-Atitudes como fofocar, reclamar ou discutir certos temas, começam a não fazer muito sentido para voce e isto faz com que você sinta necessidade de se distanciar também. E isso pode ser mal recebido por alguns dos seus amigos, que já estão habituados a alimentar estes padrões comportamentais e estes passam a olhar para você como alguém estranho e fora do comum.

4-Não se deixe abater. Tudo nesta vida tem um ciclo. Certas amizades são importantes num determinado período da nossa vida, mas numa outra fase, pode ser que tenhamos de abrir mão delas.

5-Tudo o que podemos fazer é sermos fiéis a nós mesmos.

6-Não temos o poder de convencer ninguém a pensar como nós e nem devemos fazê-lo. Sejamos apenas genuínos e sinceros e o Universo tratará de conectar-nos às pessoas que estão em maior sintonia com a nossa nova vibração.
Surgem os mal-entendidos na família

Alguns membros da nossa família poderão ficar muito confusos e desorientados pela mudança que vêm em nós. Para quem tem, por exemplo, pais muito religiosos, eles podem até acusar estas pessoas de se terem perdido e separado de Deus. Nestes casos, não tente discutir ou afrontar. Seja autêntico e assuma a responsabilidade pela energia que traz em cada conversa. Continue a ser você mesmo, até que o seu “novo eu” se torne mais familiar para os seus entes queridos.Lembre-se que fingir ser o que não somos, não nos faz bem nem a nós, nem a quem nos rodeia. Se a sua família realmente o/a ama ,uma hora irá habituar-se a conviver com o seu verdadeiro EU.
Você começa, em certas ocasiões, a ser ridicularizado pela sociedade

Atualmente, enquanto que muitas pessoas estão num caminho espiritual consciente, há muitas pessoas que permanecem na escuridão sobre a sua verdadeira essência. O ser “diferente” da maioria pode trazer-lhe certos dissabores, como ser ridicularizado e criticado quando tenta abordar certos assuntos ou adotar certos comportamentos.O fato de se recusar a andar junto ao “rebanho” e ser considerado a “ovelha negra”, pode ser difícil e até fazer com que, por vezes nem tenha vontade de sair de casa.Nestes casos, não leve nada para o lado pessoal e continue a sua caminhada. Quem estiver vibrando na sua sintonia, irá juntar-se a você e estas sim, serão as pessoas certas para partilhar a sua vida nesta nova fase.
Surgem mudanças a nível profissional também

Quando há mudanças interiores desta natureza, até o seu emprego simplesmente pode deixar de ser uma boa opção. De repente, o trabalho torna-se frustrante, asfixiante e você passa a sentir-se vazio, insatisfeito e só de pensar em ir trabalhar, pode causar-lhe mal estar.Nesta fase, para alguns, uma mudança de carreira pode ser intencional e planejada, mas para outros, pode surgir através de uma demissão. Quando somos incompatíveis vibracionalmente com a forma como gastamos a maior parte das nossas horas, durante a semana, é apenas uma questão de tempo até que você ou o seu empregador decida que, no melhor interesse de todos, você deixe o seu trabalho.Uma transição repentina assim pode ser dolorosa. Mas acredite que nada acontece por acaso. Acredite que coisas melhores estão por vir. Renda-se ao Universo e Ele irá levá-lo exatamente para onde precisa de estar, tanto a nível espiritual, pessoal, como profissional.
Solidão

A solidão é um subproduto natural da ascensão espiritual. Assim como os nossos relacionamentos, empregos e estilos de vida mudam, também nós mudamos.Em tempos como estes, comece por valorizar a pessoa mais importante da sua vida: você mesmo! E poderá também aproximar-se de uma comunidade espiritual ou grupo de apoio se sentir necessidade.
Começar a adotar algumas práticas como fazer meditação, yoga, ou participar de retiros espirituais, poderá ajudar. O Universo irá prepará-lo com um novo cenário para apoiar o seu novo estilo de vida, mas terá de fazer esforço para atrair isso para você também.
Verá que quando encontrar pessoas no mesmo caminho, estas irão fornecer amizades e conhecimentos genuínos e edificantes. Você passará a ter menos amigos, é verdade, mas estes serão mais apropriados à sua nova vibração.Nesse meio termo, passe mais tempo consigo mesmo. Comece a praticar meditação e aprender a estar confortável consigo próprio. Aprender a estar sózinho é essencial para lidar com qualquer sentimento de perda que surgiu desde que começou a perseguir seu novo caminho.Encontrar o nosso verdadeiro Eu espiritual pode ser uma experiência gratificante e esclarecedora, contudo haverão sempre desafios de ajustamento.
Mas lembre-se sempre: você não está sozinho! Há muitos nessa caminhada. Seja paciente com o Universo e o resto irá encaixar-se. As dores de crescimento espiritual, são simplesmente sinais de que você está crescendo, evoluindo e que está no caminho certo. Mantenha-se fiel a si mesmo.Quando você alinha as suas emoções, pensamentos e intenções, o Universo sempre conspira para que você possa ter a vida que você precisa…..

FONTE

About Author

Reikiana, praticante e apaixonada por Yoga, a estudante de Design de Moda pela UCS, Manoela desenvolveu um grande interesse na conexão espiritual entre o passado, presente e o futuro da humanidade, seus caminhos e mudanças ao longo dos séculos. Suas pesquisas para o Verdade Mundial vem sendo amplamente visualizadas nas áreas da sociedade, história e religião.