De acordo com dados espectroscópicos, o objeto contém metano e água. Além disso, os astrônomos dizem que ele é altamente metálico e possui mais massa do que Júpiter.
Suas conclusões. Estão apresentadas no artigo que recentemente e apareceu no site arXiv.org.

Os cientistas não conseguem concordar sobre a natureza do objeto que foi batizado de CFBDSIR 2149-0403. Por outro lado, eles reafirmam a possibilidade de que o objeto seja um planeta jovem solitário, embora ele também possa ser uma estrela marrom anã de massa muito pequena e altamente metálica.

Localizado à uma distância aproximada de 143 anos luz da terra, o misterioso objeto – CFBDSIR 2149-0403 – é comumente referido como “um objeto flutuante de massa planetária”. Descoberto originalmente em 2012 por um grupo de astrônomos franceses e canadenses, o enigmático objeto criou muito tumulto entre os especialistas.

De acordo com dados de espectroscopia, o objeto contém tanto metano quanto água. Além disso, os astrônomos dizem que ele é altamente metálico e possui mais massa do que o planeta Júpiter.

Desde sua descoberta em 2012, os astrônomos determinaram que ele possa ser um candidato a “planeta solitário”, após perceberem que ele era menor do que a classificação das estrelas marrom anãs, as quais são mais de 13 vezes maiores do que Júpiter.

Em estudos anteriores, os astrônomos descobriram que o objeto estava se movendo junto com um grupo de outros corpos (o grupo AB Doradus), orbitando a galáxia. Com base nos dados os astrônomos determinaram que os objetos tinham entre 50 a 120 milhões de anos de idade, o que é muito jovem quando comparado com a idade do universo.

Contudo, os cientistas não podem concordar se o objeto é um planeta solitário ou algo diferente.

Primeiramente, os especialistas ainda não encontraram evidências de que o CFBDSIR 2149-0403 seja parte – ou foi uma parte – de um sistema solar.  Maiores estudos determinaram, com base no movimento do objeto, que ele não está se movendo em um grupo, algo que tornou difícil para os astrônomos determinarem sua massa. Este fato levou alguns astrônomos considerarem que ele possa ser uma estrela anã com uma massa mais alta.

Agora rejeitamos nossa hipótese inicial de que CFBDSIR 2149-0403 seria membro de um grupo que está se movendo.

A conclusão mais importante neste novo estudo é a de que este objeto seja provavelmente uma massa planetária isolada de menos de 500 milhões de anos de idade, com uma massa entre 2 a 13 vezes a de Júpiter; uma estrela anã marrom mais velha entre dois milhões e três milhões de anos de idade, com uma massa que oscila entre duas e quarenta vezes a de Júpiter.

Os especialistas reconhecem que nossa atual compreensão do objeto ainda não é suficiente para concluir quais das duas hipóteses é a correta. Mas há outra possibilidade.

Mais interessante do que as duas hipóteses acima, alguns astrônomos sugerem que o objeto não possa ser classificado nem como um planeta solitário e nem como uma estrela marrom anã, porque precisamos dê uma explicação totalmente nova. Inúmeras questões ainda estão sem respostas.

Não sabemos como o CFBDSIR 2149-0403 foi formado. Caso ele seja um planeta, não temos a menor ideia como é que ele foi parar em sua posição atual, tão longe de uma estrela. Também não sabemos o que significam as leituras de água e metano que foram registradas, se ele é um entre milhares de objetos ou, ao contrário, algo único.

Seria o tão esperado Planeta X?

Fonte | OVNI HOJE

About Author

Criador do Site Verdade Mundial, fotógrafo por amor e profissão. Um inquieto da sociedade! Acredito que podemos mudar o pensamento das massas com a informação. Temos as ferramentas e a vontade de ver um Mundo melhor e livre. Estamos nessa luta há dez anos e em frente!