“O almiscareiro é um animalzinho que vive nos lugares altos e gelados do Himalaia. Em seu interior existe uma substância denominada ‘almiscar’ que é muito desejada por caçadores, já que é aromática. Já na fase adulta, o almiscar começa a exsudar do interior do animal.

Excitado pelo delicioso aroma, o almiscareiro inicia uma busca desenfreada na procura pelo perfume. Após longo período de alucinada busca sem sucesso, o almiscareiro se lança das alturas do Himalaia despenhadeiro abaixo.

Vejam a que ponto chega a insanidade do bichinho em total desespero por não encontrar o delicioso perfume.

Os caçadores não perdem tempo em capturar o almiscareiro que se lança para a morte. Com o corpo do animal em mãos, cortam a bolsa que carrega o precioso almiscar.

Um bardo iluminado cantou: ‘ó tolo almiscareiro, buscaste a fragrancia em toda a parte, exceto em teu próprio corpo. Eis porque não a encontraste. Se pelo menos tivesses voltado tua busca para ti mesmo, terias encontrado o almiscar almejado e salvado a ti mesmo da morte sobre as rochas abaixo das montanhas.’

A maior parte das pessoas se comporta como o almiscareiro. Buscam a felicidade elusiva, sempre fragrante, por toda a parte, fora delas mesmas. Nos divertimentos, nas tentações, no amor humano e nos caminhos escorregadios da riqueza e da fama. E quando, finalmente, não podem achar a verdadeira felicidade, cuja fonte jaz oculta nos recônditos secretos de suas próprias almas, pulam dos picos alcantilados das esperanças elevadas e se despedaçam nas pedras da desilusão.

Ó tolo almiscareiro humano, se pelo menos voltasses tua mente para dentro, na meditação diária e profunda, acharias a fonte de toda verdadeira e duradoura felicidade no silêncio mais recôndito de tua própria alma.

Bem amado que estais à procura da felicidade, não sejas como o almiscareiro perecendo na vã busca exterior. Desperta! E, na caverna da meditação profunda, encontra a felicidade eterna dentro de teu Ser imortal”

Paramahansa Yogananda – Self-Realization Fellowship

About Author

Reikiana, praticante e apaixonada por Yoga, a estudante de Design de Moda pela UCS, Manoela desenvolveu um grande interesse na conexão espiritual entre o passado, presente e o futuro da humanidade, seus caminhos e mudanças ao longo dos séculos. Suas pesquisas para o Verdade Mundial vem sendo amplamente visualizadas nas áreas da sociedade, história e religião.