Documentos ultra-secretos sobre OVNIs são vazados, e confirmam o acidente de Roswell

0

Um disco voador realmente se acidentou em Roswell, estado do Novo México (EUA), e quatro alienígenas mortos foram encontrados, antes do começo do maior acobertamento do mundo ter começado há 70 anos – de acordo com supostos  documentos ultra-secretos recém vazados.

Heather Wade, anfitriã do programa paranormal de rádio online, Midnight in the Desert, diz ter obtido um extenso relatório da Agência de Inteligência de Defesa dos EUA (sigla DIA, em inglês), contendo um número de supostos incidentes com OVNIs e alienígenas, inclusive o famoso caso de Roswell.

Ela diz que o documento veio de uma fonte conhecida, mas de nome não revelado, e foi passado para o físico nuclear Stanton Friedman, que é um investigador de Roswell há muito tempo.

Express.co.uk

Roswell tem sido o coração da casuística OVNI desde que, em julho de 1947, os militares anunciaram numa liberação de imprensa terem encontrado os restos de um disco voador acidentado no deserto. Porém, no dia seguinte, eles retiraram a declaração, dizendo que foi um balão acidentado da Força Aérea dos EUA.

Mais tarde as testemunhas se manifestaram para dizer que havia corpos alienígenas dentro da “nave acidentada”, e que juntos com os destroços foram levados para uma base militar ultra-secreta.

O dossiê com 47 páginas, aparentemente sem data, contém um relatório de seis página sobre o incidente de Roswell, detalhando como o OVNI caiu em 2 ou 3 de julho de 1947, e quatro corpos alienígenas em decomposição foram recuperados a 2 milhas (3,2 km) do local do acidente, uma semana mais tarde.

O documento então confirma que a liberação de imprensa inicial sobre o disco voador foi anunciada sem a aprovação do Pentágono, antes do acobertamento sobre o balão meteorológico ter sido iniciado.

O relatório diz:

Reconhecimento aéreo descobriu que quatro pequenos seres similares a humanos haviam aparentemente ejetados da nave em algum ponto, antes dela explodir. Estes caíram na terra a pelo menos duas milhas ao leste do local do acidente, onde os destroços foram localizados. Todos os quatro membros alienígenas da tripulação estavam mortos e os corpos muito decompostos.

O relatório relata que os corpos, bem com 327 peças individuais dos destroços do OVNI foram levados para a Base Aérea Wright Patterson, da Força Aérea, em Dayton, estado de Ohio.

Céticos já se manifestaram, dizendo que os supostos documentos devem se tratar de uma farsa elaborada, produzida para prolongar a teoria da conspiração sobre Roswell.

Uma declaração no site midnightdesert.com diz:

Heather Wade recebeu os documentos na noite passada de uma fonte confiável. Ela imediatamente enviou os documentos para Stanton Friedman para que ele os analisasse, o qual disse, “Nunca vi nada como isto”.

Stanton Friedman continuará examinando estes documentos para saber sobre sua autenticidade, mas neste momento não podemos encontrar evidências de falsificação.

Paradigm Research Group (PRG), que foi fundado para forçar o Governo dos EUA a finalizar o suposto embargo da verdade que acoberta a existência de alienígenas na Terra, declarou os documentos como sendo importantes, mas aceita a possibilidade deles serem forjados. O grupo liberou uma declaração dizendo:

Ao longo das próximas semanas o PRG irá trabalha proximamente aos pesquisadores importantes a respeito da história do embargo da verdade e dos documentos governamentais relacionados aos ETs, a fim de determinar a qualidade desta evidência.

Há somente quatro possíveis explicações para a existência destes documento. Em ordem de possibilidade, aqui estão:

  1. A desinformação do governo ‘vazou’, a qual contém muita verdade, adicionada a elementos fictícios óbvios – sendo seu propósito minar as verdades incluídas e servir ao embargo da verdade.
  2. Documentos governamentais legítimos.
  3. Desinformação, criada e dispersada por cidadãos particulares que não estão conectados ou pagos pelo governo, e que consideram o assunto da presença extraterrestre como sendo falso e digno de ser sabotado.
  4. Informação falsa, criada e dispersada por uma pessoa ou pessoas convencidas de uma presença extraterrestre, numa tentativa extraviada de avançar o assunto.

As primeiras duas opções são as mais prováveis, e aproximadamente iguais em probabilidade.

O mistério de Roswell tem por muito tempo sido sabotado por embusteiros. Uma das falsificações mais famosas foi um vídeo da década de 1990, alegando mostrar as autópsias secretas que foram conduzidas nos “corpos alienígenas que foram recuperados do acidente”. Mais tarde foi descoberto se tratar de uma falsificação.

Em 2015, uma foto emergiu, alegando mostrar um corpo alienígena do acidente. Mais tarde foi exposta como sendo o corpo de uma criança mumificada.

O site Express.do.uk enviou os documentos para especialistas de OVNIs e espera suas opiniões. Ele também contatou a DIA, e espera por uma resposta.

Os documentos em forma pdf (115 MB) podem ser baixados acessando o seguinte link: http://d3adcc0j1hezoq.cloudfront.net/wp-content/uploads/2017/06/Ultra-Top-Secret-MITD-RotateLARGE.pdf

Quanto  a resposta da Agência de Inteligência de Defesa dos EUA – DIA, nem precisamos comentar, pois já sabemos qual será. Mas o jornal Express está fazendo seu dever ao contatar a agência.

FONTE

About Author

Criador do Site Verdade Mundial, fotógrafo por amor e profissão. Um inquieto da sociedade! Acredito que podemos mudar o pensamento das massas com a informação. Temos as ferramentas e a vontade de ver um Mundo melhor e livre. Estamos nessa luta há dez anos e em frente!