Os arquivos sobre OVNIs recém liberados pelo Ministério da Defesa do Reino Unido (MoD) detalharam um encontro fascinante entre a tripulação de um avião espião da Força Aérea dos EUA e um grande OVNI bizarro com luzes piscando. O evento ocorreu sobre o Mar Mediterrâneo.

O caso foi divulgado no último lote de arquivos sobre OVNIs do MoD, liberados no Reino Unido.

O MoD, no mês passado, tornou publico 15 dos 18 arquivos de investigação sobre OVNIs  através dos Arquivos Nacionais. (Interessante notar que não liberou nada sobre o evento de Rendlesham, uma das manifestações de OVNIs mais importantes da atualidade.)

Os arquivos da última liberação só podem ser vistos visitando o Arquivo Nacional em Londres, mas os detalhes estão começando a surgir depois que os investigadores de OVNIs visitaram o escritório de registros.

Os arquivos incluem um relatório detalhado sobre um incidente de OVNI em 19 de outubro de 1982, por volta das 16h, hora local.

Um avião RC-135, da Força Aérea dos EUA, que estava monitorando a atividade militar soviética como parte da Guerra Fria, encontrou “um grande objeto” sobre o Mediterrâneo Oriental, a cerca de 35 mil pés.

Os detalhes do documento mostram que o pessoal britânico da RAF na base de Troodos, em Chipre, escutou com choque o desenrolar do encontro através das conversas de rádio pela equipe estadunidense.

O OVNI foi descrito como sendo coberto por “uma grande quantidade de luzes piscando, 20 de cada vez”.

O objeto foi captado pelo radar do avião espião quando se aproximou vindo do sul.

A equipe de cerca de 28 membros, incluindo os dois pilotos, viu o objeto circular o avião.

Isso levou dois aviões de combate F-14 da Marinha dos Estados Unidos a serem despachados de um porta-aviões.

Um Phantom da RAF também foi despachado para ajudar no desdobramento da situação.

A tripulação informou que o objeto foi para a costa africana quando os três caças chegaram.

O incidente durou 90 minutos, sendo monitorado pela equipe na estação de radar de Troodos.

Nada foi visto desde o solo.

Uma investigação do Reino Unido foi realizada com os resultados enviados ao Departamento de Defesa dos EUA em novembro de 1982.

Nenhum detalhe deste caso já foi divulgado, de acordo com o Dr. David Clarke, um jornalista de OVNI e folclore, que revelou detalhes do encontro. Os resultados da investigação não estão no arquivo.

Mas, uma explicação foi oferecida, dizendo que era apenas uma miragem.

Um alto funcionário da RAF escreveu:

Temos uma forte suspeita de que o OVNI foi um efeito de miragem das luzes na costa de Israel ou do Líbano.

O sinal da RAF que relatou o encontro disse que o objeto foi detectado: “… inicialmente a cerca de duas milhas (3,2 km) da asa do RC-135 … se moveu ao redor da aeronave e mais próximo… objeto seguiu o Beano 73 por 90 minutos em sua trajetória nordeste / sudoeste ….

(Fonte) | Ovni Hoje

About Author

Criador do Site Verdade Mundial, fotógrafo por amor e profissão. Um inquieto da sociedade! Acredito que podemos mudar o pensamento das massas com a informação. Temos as ferramentas e a vontade de ver um Mundo melhor e livre. Estamos nessa luta há dez anos e em frente!